Ministério fará “teste cego” com vacinas aplicadas em bovinos

SEAPEC

-

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, anunciou nesta sexta-feira (7) que o ministério realizará “testes cegos” com vacinas contra a febre aftosa aplicadas em bovinos. As vacinas são apontadas como responsáveis pela formação, na carne bovina, dos abscessos – inflamação em cavidades formadas nos tecidos – detectados por autoridades sanitárias dos Estados Unidos e que levaram à suspensão da importação da carne brasileira in natura.

De acordo com o ministro, o teste foi proposto pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). “Há uma proposta da própria Embrapa, e a gente vai adotar isso, de fazer um teste cego. Você pega várias vacinas e vai aplicando nos animais e acompanhando”, explicou.

Segundo Maggi, a intenção do teste é detectar as marcas e as localidades em que os problemas, decorrentes da vacinação, estão mais presentes.

“Pedi uma investigação no Ministério da Agricultura com respeito às vacinas. Estamos fazendo um mapeamento dos frigoríficos e das nossas superintendências para saber onde tem mais problema ou não, a marca da vacina, tudo. Vamos fazer um levantamento e rastrear todo o processo”, disse.

Na última terça-feira (4), o Ministério da Agricultura determinou aos frigoríficos brasileiros que carnes in natura de cortes dianteiros a serem exportadas aos Estados Unidos sigam apenas na forma de recortes, cubos, iscas ou tiras.

Segundo nota divulgada pela pasta, a medida visa a facilitar as negociações para retomar as vendas para aquele mercado. Em junho, os Estados Unidos suspenderam a importação de carne fresca do Brasil.

Não há problema em a gente mandar as peças menores. Está sendo retalhada, porque a carne que vai para lá é um processo industrial. Ela vai ser moída para fazer hambúrguer. Os frigoríficos aqui no Brasil estão abrindo as peças, verificando com muito cuidado, inspecionando, e a gente espera ter resolvido esse problema”, disse Maggi.

China

O ministro minimizou os questionamentos apresentados pela China em relação à carne in natura brasileira, após a suspensão da venda para os Estados Unidos.

“Eu considero isso, dentro do ambiente que nós estamos vivendo, normal. À medida que sai uma notícia em qualquer um dos países que achou algum defeito, que faz alguma consideração, é natural que os outros o façam também. Como nós faríamos com os demais”, disse.

O ministro admitiu, no entanto, que a situação tem gerado um “desconforto” aos exportadores brasileiros.

“O mercado não é feito no abraço, no beijo, ele é feito na cotovelada, feito com muita pressão, a concorrência é muito grande. Os Estados Unidos voltarem [a vender carne] para o mercado chinês, isso é um desconforto para o Brasil, um desconforto bastante grande, mas é natural do mercado”, disse.

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), a venda de carne fresca para os Estados Unidos representa apenas 2% das exportações totais brasileiras. Tradicionalmente, o país vende carne industrializada para o mercado norte-americano, cujas exportações não foram afetadas.

No primeiro semestre, o Brasil embarcou 14 mil toneladas de carne fresca para os Estados Unidos, que totalizaram US$ 59 milhões. No ano passado, o país tinha vendido apenas US$ 121 milhões de carne in natura para os consumidores norte-americanos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …

Candidato de Macron à prefeitura de Paris renuncia devido a escândalo sexual

Reviravolta na campanha pelas eleições municipais em Paris a apenas um mês da votação. O candidato do partido presidencial, Benjamin Griveaux, renunciou nesta sexta-feira (14) à corrida pela prefeitura da capital. A decisão foi anunciada …

Sim, essa foto de uma manta rosa é real

A imagem acima foi publicada recentemente pela Australian Geographic. A cor pouco usual da manta, no entanto, chamou a atenção do público, que cogitou a utilização de Photoshop. O animal é realmente cor de rosa, no …