Ministro da Saúde pretende imunizar todos os brasileiros contra COVID-19 em 2021

José Dias / wikimedia

Eduardo Pazuello

De uns tempos para cá, quase não se tem falado sobre COVID-19 sem que o assunto vacina viesse junto. Com uma corrida cada vez mais acirrada em busca de uma candidata que seja eficaz contra a doença, a população mundial tem atribuído à vacina uma esperança de conter a pandemia.

Isso inclui o nosso ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que durante uma entrevista realizada à Jovem Pan nesta quinta-feira (10), declarou que o governo federal pretende imunizar toda a população brasileira no ano que vem.

Na entrevista, o ministro anunciou que o prazo fixado pela administração federal para que toda população esteja imunizada é 2021: “Acreditamos que a gente chegue aí na metade de 2021, início do segundo semestre, já com bastante cobertura. Não tem que esperar vacinarmos 215 milhões de pessoas para ter os efeitos de uma estratégia de vacinação. Ela visa imunizar grupos de pessoas que vão trazer a contaminação para níveis bem razoáveis”, afirmou.

O acordo do governo federal envolve o laboratório AstraZeneca (que desenvolve a vacina em parceria com a Universidade de Oxford), com direito a 100 milhões no primeiro semestre de 2021 e 160 milhões no segundo semestre. Isso sem contar as 42 milhões de doses proporcionadas pelo consórcio Covax Facility.

Isso leva a compreender uma garantia de 300 milhões, o que equivale à vacinação de 150 milhões de pessoas — uma vez que será necessário tomar duas doses da vacina. Segundo o ministro, tudo depende do registro da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária).

O ministro apontou as possibilidades para a aprovação de vacinas, que envolvem, por exemplo, aproveitar o registro das agências reguladoras dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e China. “Por lei, a Anvisa vai receber esse processo dessa grande agência e vai quase que homologar o registro no Brasil. E ela, por lei, se pronuncia em até 72 horas se já encontrou indícios que poderá regular ou de que precisará aprofundar um pouco mais. É bastante acelerado”, apontou.

A outra possibilidade envolve a produtora da vacina submeter documentação à Anvisa. “Entrando pelo Brasil vai cumprir um outro prazo que não é de 72 horas. O prazo que pode ser um pouco mais alongado: 30, 40 dias”, disse.

O ministro ainda acrescentou o seguinte: “Estamos falando em hipóteses, ainda, estamos falando que é provável que a gente tenha o registro efetivo da FDA (agência federal americana) da Pfizer agora em dezembro nos Estados Unidos. Isso vai acelerar o processo de registro no Brasil. Nós já temos previsão de receber 70 milhões de doses da Pfizer e, sim, tentaremos adiantar de janeiro para o quanto antes.

Pazuello também falou sobre a CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Basicamente, a ideia é comprar, caso ela seja registrada na Anvisa. “Em português claríssimo, sim, vamos comprar as vacinas, caso sejam registradas e comprovadas com o preço dentro da lógica correta”, afirmou.

Além dessa entrevista com a Jovem Pan, Pazuello também deu uma entrevista à CNN, em que apontou a possibilidade da vacinação emergencial começar ainda em dezembro no país, com doses da vacina da Pfizer/BioNTech. Na ocasião, ainda acrescentou que o plano nacional de imunização pode começar entre o fim de janeiro e o início de fevereiro.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Calheiros anuncia nome das 14 pessoas que passaram de testemunhas a investigados na CPI da Covid

Segundo senador, é preciso mudar o "patamar" da investigação pois já há provas e indícios concretos contra as pessoas inseridas na lista, que agora será encaminhada ao presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM). Nesta sexta-feira (18), …

Turistas “madrugam” para visitar Disneyland Paris, que reabre após oito meses por causa da pandemia

Depois de oito meses de portas fechadas, o parque Disneyland Paris reabriu para o público nesta quinta-feira (17). A atração, um dos principais destinos turísticos da Europa, volta a funcionar, mas mantém medidas sanitárias …

Cientistas desvendam mistério de 'apagamento' de estrela gigante Betelgeuse

Astrônomos dizem que solucionaram o mistério sobre por que uma das mais conhecidas estrelas que iluminava o céu à noite começou a perder o brilho há cerca de um ano. Betelgeuse, uma supergigante vermelha da …

Portugal isola Lisboa para conter disseminação de variante

Em meio a alta de casos e difusão da variante delta do coronavírus, detectada inicialmente na Índia, governo português restringe circulação para dentro e para fora da região metropolitana da capital no fim de semana. Em …

Astrônomos descobrem as maiores estruturas giratórias conhecidas no universo

Tentáculos de galáxias com centenas de milhões de anos-luz de comprimento podem ser os maiores objetos giratórios do universo, um novo estudo descobriu. Corpos celestes muitas vezes giram, planetas, estrelas e galáxias. No entanto, aglomerados gigantes …

Facebook implementa software de IA capaz de detectar fotos e vídeos falsos

Os deepfakes são arquivos de mídia, incluindo fotos, vídeos e áudio, editados através de inteligência artificial (IA), que fornecem alto realismo e muitas vezes causam confusão após serem compartilhados nas redes sociais. Na quarta-feira (16), os …

China envia três astronautas para sua estação espacial

Grupo deverá ficar três meses no espaço e colocar em funcionamento o módulo central da estação espacial Tiangong. China não participa da ISS por decisão dos EUA. A primeira missão tripulada enviada pela China para a …

Putin “não quer Guerra Fria com EUA”, diz Biden após encontro com presidente russo

Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, participaram nesta quarta-feira (16) de uma esperada reunião bilateral. O encontro realizado em Genebra acontece em um contexto de forte tensão entre …

Variante lambda do coronavírus: o que se sabe sobre mutação que se espalha pela América do Sul e preocupa OMS

Os vírus usam técnicas diferentes para continuar infectando as pessoas. E o caso da covid-19 não é exceção. As versões atuais da doença estão se espalhando muito mais facilmente do que a original, que surgiu na …

Embaixadores da Rússia e dos EUA "regressam ao trabalho", diz Putin após cúpula com Biden

A Rússia e os EUA acordaram o regresso de seus embaixadores, informou Vladimir Putin. Vladimir Putin, presidente da Rússia, disse, após conversas com seu homólogo americano Joe Biden, que os embaixadores russo e norte-americano voltam …