Mulheres são o segredo para acabar com a fome na África

B. Bannon / UNHCR

As alterações climáticas provocam seca em África e deslocalização das populações

As alterações climáticas provocam seca em África e deslocalização das populações

O ativista sul-africano Jay Naidoo, responsável por uma organização multinacional que combate a desnutrição, defende que a aposta na agricultura e na capacitação das mulheres permitirá acabar com a fome e a pobreza na África.

A África detém 60% da área cultivável livre no mundo, mas 242 milhões de africanos “vão dormir com fome hoje“, disse, em entrevista à Lusa, o antigo político sul-africano, durante o “Fim de Semana da Governação Ibrahim”, que terminou esta noite em Marrakesh, Marrocos.

Jay Naidoo, antigo ministro das Comunicações do executivo de Nelson Mandela, é presidente da Aliança Global para uma Nutrição Melhorada – GAIN, membro da direção da Fundação Mo Ibrahim e consultor de vários organismos internacionais, incluindo a Unesco e o comitê do secretário-geral das Nações Unidas para a nutrição.

“Temos a capacidade de nos alimentar e de alimentar o mundo”, referiu, comentando que 90% da produção agrícola na África é de responsabilidade das mulheres, mas também são elas as mais afetadas pela fome, porque em muitos casos não têm direito a deter a terra ou a contrair empréstimos.

É preciso capacitar as mulheres. Sabemos que resolveremos a fome na África. Sabemos que as mulheres, quando têm dinheiro, investem na educação e na saúde dos filhos”, diz o ativista.

“Sabemos que investir nas mulheres e na agricultura cria milhões de empregos para o nosso povo na África e resolve a pobreza, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas”, afirmou Naidoo.

okfn / Flickr

O ativista e especialista em desnutrição sul-africano Jay Naidoo

O ativista e especialista em desnutrição sul-africano Jay Naidoo

Para Naidoo, um dos principais problemas é a África “continuar agindo como 54 países e não como um continente”.

“Temos a riqueza do mundo, mas não a exploramos para beneficiar o povo africano. Somos muito ricos abaixo do solo, mas o nosso povo é pobre“, disse, acrescentando que “o tema do governo tem a ver com construir uma agenda africana, que coloque o povo africano no centro”.

Não precisamos de Messias que venham do norte, não precisamos de celebridades que pensam que vêm e conseguem resolver os problemas e salvar os pobres africanos de si próprios. Temos de olhar para nós próprios. Temos a capacidade intelectual, a riqueza mineral, temos o povo. Temos tudo para gerar uma genuína solução africana”, sustentou.

“Na nossa vida louca para atingir o sucesso, entramos em uma trajetória de consumo, a custo de tudo o que é sagrado neste mundo, incluindo o ambiente. Temos de mudar e fazer o que está correto”, refere.

Para Naidoo, o mundo atravessa “uma transformação” e, nestes tempos voláteis, é preciso “agir com o coração para tomar as decisões corretas“.

Realidades como a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, o crescimento do populismo de direita no mundo ou a subida da “presidência divina, em que os presidentes acreditam que são um presente de Deus para as pessoas” são, na opinião do responsável, “uma aberração que o mundo vai ultrapassar“.

“O fato de termos estas pessoas, que representam dos piores aspectos dos seres humanos, nos une. Une os jovens, pessoas do norte, do sul, do leste e do ocidente, que procuram um caminho diferente”, conclui Jay Naidoo.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …