Eventos de todo tipo, desde campanhas de doação de cobertores à construção de casas para os pobres, passando por concertos e exposições, são realizados na África do Sul em homenagem a Nelson Mandela nesta quarta-feira (18), dia em que o líder da luta contra o “apartheid” teria completado 100 anos.

Apesar do cunho político do principal ato do dia, que será realizado na província do Cabo (região natal de Mandela), liderado pelo presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, as iniciativas solidárias e as pequenas homenagens se multiplicam por todos os cantos do país e abordam todos os aspectos.

Na litorânea e turística Cidade do Cabo, por exemplo, será construído um mural com o rosto de “Madiba” (como o ex-presidente é popularmente conhecido no país) com 29 mil latas de comida que depois serão distribuídas entre os pobres.

A Fundação Mandela, por sua vez, anunciou que contribuirá para a construção de 100 casas para os mais vulneráveis e até os partidos opositores têm hoje em suas agendas homenagens ao considerado “pai da nação arco-íris”.

Marcello Casal Jr. / ABr

“Enquanto o sol se levanta sobre a África, abraçamos a visão pela qual Nelson Mandela viveu e pela qual estava preparado para morrer”, escreveu no Twitter a seleção sul-africana de rúgbi (os Springboks), cujos jogadores visitarão orfanatos, parafraseando uma citação do próprio Mandela.

Doações de cobertores para os sem teto, campanhas de coleta de lixo, recitais musicais, homenagens em escolas e palestras em universidades são outros dos incontáveis exemplos de iniciativas programadas, algo já constante no país a cada 18 de julho.

Nas redes sociais, as hashtags #MandelaDay e #Mandela100 acompanhavam citações célebres de “Mandela” e mensagens em memória do líder, escritas tanto por cidadãos anônimos como por celebridades e políticos internacionais.

“Nelson Mandela nunca abandonou sua esperança de ‘fazer do mundo um lugar melhor’. O inesquecível líder sul-africano nasceu em um dia como hoje há 100 anos”, lembrou a UNESCO na sua conta no Twitter.

E não só África do Sul, mas também o resto do mundo estão convocados, como a cada 18 de julho – Dia Internacional Nelson Mandela das Nações Unidas -, a dedicar 67 minutos para realizar boas ações, em lembrança aos 67 anos que “Madiba” dedicou à luta pela justiça social.

Mandela faleceu no dia 5 de dezembro de 2013, aos 95 anos. Entre outras distinções, recebeu em vida o prêmio Nobel da Paz.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …