Newton está errado. Einstein é o próximo

Z. Levay and R. van der Marel, STScI; T. Hallas; and A. Mellinger / NASA, ESA

Uma equipe internacional liderada pela astrofísica Andrea Ghez, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA), mostrou que Newton estava errado e disse que Einstein será o próximo a ser contestado.

Segundo os pesquisadores, quando o físico Isaac Newton fez seu trabalho inovador, ele explicou o mundo de acordo com as leis naturais, mas não tinha dados sobre a gravitação planetária ou o mundo subatômico que poderiam mudar sua compreensão da teoria.

Agora, a equipe diz que a gravidade não funciona de acordo com Newton nem no universo vasto, nem no muito pequeno.

Os dados sobre o estado da gravidade vêm de informações coletadas sobre a estrela S0-2, observada durante uma volta completa de 16 anos em torno do buraco negro no centro da Via Láctea, o Sagittarius A*, usando o Observatório Keck, no Havaí, a quase 4.000 metros de altitude.

Por conta da densidade dos buracos negros, nada pode escapar de seus “horizontes de eventos”, nem mesmo a luz. Sua influência em objetos próximos – mas não o suficiente para serem engolidos – também pode ser medida. É esse o caso da S0-2.

Quanto mais próxima do buraco negro ela passa, se move a mais de 25 milhões de quilômetros por hora. De acordo com Einstein, nessa região tão perto de um buraco negro, os fótons precisam trabalhar dobrado. O comprimento de onda à medida que saem da estrela depende não apenas de quão rápido ela se move, mas também de quanta energia os fótons consomem para escapar do poderoso campo gravitacional do buraco negro.

Newton estava errado

Perto de um buraco negro, a gravidade é muito mais forte que na Terra. De fato, os pesquisadores do novo estudo puderam ver essa “conjunção” de espaço e tempo nas proximidades do buraco negro no centro da nossa galáxia.

“Na versão de gravidade de Newton, o espaço e o tempo são separados e não se misturam; sob Einstein, eles ficam completamente misturados perto de um buraco negro”, disse Ghez.

Então Newton estava errado e Einstein – por enquanto – se mostrou certo. Mas Ghez e sua equipe acham que isso não vai durar muito tempo.

Einstein é o próximo

Os cientistas creem que a teoria da relatividade geral de Einstein é fraca porque não pode explicar completamente a gravidade dentro de um buraco negro. Embora ninguém tenha feito experimentos dentro de um buraco negro para obter dados ainda, a teoria deve vir primeiro.

Claro, os trabalhos de Newton e Einstein são incríveis e existem elementos de verdade em ambos. Einstein nos deu uma melhor compreensão que Newton com sua teoria da relatividade em 1915, mas tal entendimento da gravidade precisa funcionar em qualquer parte do universo, incluindo locais que ainda não estudamos.

Uma tarefa faraônica para qualquer físico teórico, mas uma maneira fácil de mostrar as lacunas de compreensão nas obras de “titãs” como Newton e Einstein.

Um artigo sobre o estudo foi publicado na revista científica Science.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …