Einstein estava errado. Não há gravidade nem matéria escura

O pesquisador holandês Erik Verlinde defende que a gravidade não é uma força fundamental da natureza, é apenas uma ilusão, porque “nem sempre está lá” – e a matéria escura simplesmente não existe.

Todos estamos familiarizados com o conceito de gravidade, desde os tempos da escola.

A maneira como os físicos a descrevem também tem sido a mesma há muitos anos: a gravidade é considerada uma das quatro principais forças ou “interações” da natureza, e seu funcionamento foi descrito pela teoria da relatividade geral de Albert Einstein em 1915.

Porém, o professor Erik Verlinde, especialista em teoria das cordas da Universidade de Amsterdã e do Instituto Delta de Física Teórica, está desafiando algumas informações amplamente aceitas como verdades.

Segundo Verlinde, a gravidade não é uma força fundamental da natureza, porque nem sempre está lá. Em vez disso, ela é “emergente” – vindo à existência a partir de mudanças nos bits microscópicos de informação na estrutura do espaço-tempo.

Polêmico

Verlinde articulou esta teoria primeiramente em um artigo publicado em 2010, no qual ele examinou as leis de Newton e argumentou que a gravidade é “uma força entrópica causada por mudanças na informação associada com as posições dos corpos materiais”.

Na época, ele declarou que “a gravidade é uma ilusão“. Mais tarde, explicou que a gravidade não é uma ilusão no sentido de que sabemos que as coisas caem.

Entretanto, enquanto podemos descrever a gravidade perfeitamente usando a relatividade geral, também podemos formular situações onde não há gravidade no começo, mas você pode derivá-la.

O físico holandês publicou mais um trabalho recentemente, no qual argumenta ainda que não existe “matéria escura” – o misterioso tipo de matéria que seria responsável por quase 27% da massa do universo.

Sem dúvida, é desconcertante cientificamente dar tanta importância a uma substância que nunca foi detectada diretamente. Sua existência só foi inferida através de efeitos gravitacionais.

A existência da matéria escura parece explicar muitas coisas no universo, por exemplo, porque as estrelas nas regiões mais exteriores do espaço parecem girar mais rapidamente em torno do centro de sua galáxia do que as teorias sugerem que deveriam fazer.

O que Verlinde propõe é que a gravidade simplesmente funciona de maneira diferente do que nós a entendemos, e que criar o conceito de matéria escura é irrelevante.

Usando sua nova teoria, ele foi capaz de prever a velocidade das estrelas da borda externa do universo e sua “gravidade excessiva”.

“Temos evidências de que esta nova visão da gravidade realmente se encaixa com as observações”, disse Verlinde, citado pelo Big Think. “Em grandes escalas, ao que parece, a gravidade simplesmente não se comporta da maneira que a teoria de Einstein prevê”.

Uma grande vantagem do trabalho de Verlinde é que ele nos deixa mais próximos de conciliar a física quântica com a relatividade geral.

“Muitos físicos teóricos como eu estão trabalhando em uma revisão da teoria, e alguns avanços importantes foram feitos. Podemos estar à beira de uma nova revolução científica que vai mudar radicalmente as nossas opiniões sobre a própria natureza do espaço, tempo e gravidade”, afirmou.

(dr) Minnhagen / Deviant Art

Ei, Albert, olha aí que não há gravidade

Ei, Albert, olha que a gravidade não existe!

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …