Pela primeira vez na História, astrônomos acabam de fazer uma observação da Teoria da Relatividade de Einstein

(dr) ESO

Um “pequeno desvio” na órbita da estrela S2 é consistente com as previsões da relatividade geral

112 anos depois, cientistas europeus detectaram no leve desvio de uma estrela em relação à sua órbita o primeiro indício dos efeitos da Teoria da Relatividade de Einstein sobre este tipo de corpo celeste, de acordo com a física clássica.

Segundo revelou nesta quarta-feira (9) em comunicado o ESO, Observatório Austral Europeu, a descoberta foi feita por uma equipe de astrônomos que revia os dados recolhidos pelo telescópio VLT nos últimos 20 anos sobre a estrela S2, ou Source 2, localizada na constelação de Sagitarius, junto ao buraco negro supermaciço do centro da Via Láctea.

Ao comparar os dados orbitais observados com os princípios da física newtoniana, foi registrado um pequeno desvio “consistente com as previsões da relatividade geral“, proposta por Einstein e uma das descobertas mais importantes da ciência no século XX.

Segundo o ESO, é a primeira vez que se obtém uma medida da força dos efeitos relativistas gerais em estrelas orbitando um buraco negro supermaciço. Esse “leve” desvio é um dos “efeitos sutis” previstos pela Teoria da Relatividade Geral, um “resultado promissor” para novos trabalhos que o ESO realizará nos próximos meses.

O Observatório pretende agora continuar o estudo da S2 em 2018, altura em que a estrela se encontrará muito próxima do “nosso” buraco negro supermaciço. Para isso, será incorporado um novo instrumento que irá melhorar a precisão das medições.

A estrela S2 é monitorada desde 1995 por equipes de astrônomos do ESO, da UCLA e do Instituto Max Planck de Física Extraterrestre como parte de um esforço para reunir dados sobre o buraco negro supermaciço no centro da nossa galáxia. Em 2008, foi observada pela primeira vez a sua órbita completa.

Donkey Hotey / Flickr

Einstein por Donkey Hotey

O buraco negro do centro da Via Láctea, o mais próximo da Terra, se encontra a cerca de 26 mil anos-luz da Terra, e tem uma massa quatro milhões de vezes maior que a do Sol.

Este “monstro” está cercado por um pequeno grupo de estrelas, entre as quais a S2, que o orbita a grande velocidade no forte campo gravitacional do buraco negro, um entorno perfeito, diz o ESO, para provar a física gravitacional e, particularmente, a Teoria da Relatividade – denominação dada ao conjunto de duas teorias científicas: a Relatividade Restrita, ou Especial (inicialmente postulada por Galileu), e a Relatividade Geral.

A Teoria da Relatividade Geral, publicada em 1915 por Albert Einstein, leva em consideração as ideias da Relatividade Restrita sobre o espaço e o tempo e propõe a generalização do princípio da relatividade do movimento para sistemas que incluam campos gravitacionais, surgindo a noção de espaço-tempo curvo.

Segundo a famosa teoria, o tempo e o espaço passaram a ser entidades relativas, isto é, dependem da velocidade e perspectiva de cada observador – o que permite que um passageiro caminhe em um trem que circula à velocidade da luz, sem que uma pessoa que o vê passar na estação se sobressalte com o excesso de velocidade do passageiro.

// ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Creio que o título desta matérias está um tanto quanto equivocado.
    Na verdade essa não é a PRIMEIRA observação da Teoria da Relatividade (Geral). Creio que caberia uma correção.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …

EUA e Brasil querem barrar governo Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Os Estados Unidos, o Brasil e outros 11 países rejeitaram nesta segunda-feira (28) a legitimidade do governo de Nicolás Maduro na Venezuela para participar do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A …

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …