A última vez que os níveis de CO2 estiveram tão altos quanto hoje, havia árvores no Polo Sul

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Como era o mundo da última vez em que havia tanto CO2 na atmosfera quanto hoje? Árvores cresciam perto do Polo Sul, os níveis do mar eram 20 metros mais altos do que agora, e as temperaturas globais eram 3 a 4 graus Celsius mais quentes. Isso foi na época do Plioceno, 5,3 milhões a 2,6 milhões de anos atrás.

Muitos cientistas usam modelos computacionais sofisticados para prever os impactos das mudanças climáticas causadas pelo homem. Contudo, olhar para trás e buscar exemplos reais do que já ocorreu no mundo pode fornecer novos insights.

Usando registros sedimentares e fósseis de plantas, pesquisadores britânicos descobriram que as temperaturas próximas ao Polo Sul eram cerca de 20° C mais altas do que agora durante o Plioceno, quando os níveis de CO2 estavam tão altos quanto hoje.

Essa época é uma “analogia apropriada” e nos oferece lições importantes sobre o caminho a seguir, de acordo com Martin Siegert, geofísico do Imperial College London, no Reino Unido.

A temperatura global já subiu 1° C desde a revolução industrial, quando os níveis de CO2 eram de 280 partes por milhão (ppm). O CO2 está agora em 412ppm e subindo.

No Plioceno, com esse mesmo nível de CO2, havia uma variedade de faias e possivelmente coníferas em Oliver Bluffs, a cerca de 500 quilômetros do Polo Sul. Os restos dessas árvores foram desenterrados como fósseis, juntamente com plantas e musgos.

Jane Francis, diretora do British Antarctic Survey, disse: “Esta é uma descoberta incrível. Eu as chamo de as últimas florestas da Antártida. Elas estavam crescendo a 400ppm de CO2, então pode ser para lá que estamos voltando, com o derretimento das camadas de gelo, o que pode permitir que as plantas colonizem novamente”.

As evidências também indicam que as temperaturas de verão no Plioceno eram de cerca de 5° C perto do Polo, em comparação com -15 a -20° C hoje. A presença de plantas indica que a calota de gelo da Antártida era muito menor, e o nível do mar muito mais alto.

“Vinte metros de aumento do nível do mar teriam um grande impacto em todas as nossas cidades e áreas costeiras onde pessoas vivem”, argumentou Francis. Mas tais enormes elevações levariam provavelmente alguns milênios para acontecer.

As regiões polares são especialmente importantes na compreensão do clima global; são nesses locais que a mudança acontece primeiro e é mais dramática.

Cerca de 100 milhões de anos atrás, um clima ainda mais extremo ocorreu. No período Cretáceo, os níveis de CO2 eram de 1.000 ppm. Nessa época, a Antártica era quente e coberta de grandes florestas, cujos tocos e solo foram preservados como fósseis em lugares como a Ilha Alexander. “Se mantivermos as emissões de carbono na taxa atual, até o final do século, teremos 1.000ppm”, disse Siegert.

Uma das perigosas consequências dessas emissões descontroladas já foi descartada, entretanto: o retorno a uma era glacial. Embora tenha acontecido várias vezes nos últimos milhões de anos, o CO2 está agora em um nível muito alto para que haja alguma chance de um grande congelamento, defendeu Siegert.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …

Ao tentar desativar uma bomba imensa a Marinha da Polônia acidentalmente a explode

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas. O …

Candidato a vereador vai plantar uma árvore para cada voto que receber em Dourados

O combate às mudanças climáticas e ao desmatamento para Franklin Schmalz, candidato pelo PSOL a vereador na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, é um compromisso direto e concreto, a ser posto em …

Líder nacionalista manobra para chegar ao poder após renúncia de presidente do Quirguistão

O presidente do Quirguistão, Sooronbai Jeenbekov, cedeu à pressão de manifestantes nacionalistas e anunciou sua renúncia nesta quinta-feira (15), após dez dias de uma crise política aberta pela vitória de dois partidos governistas nas …

Planetas semelhantes à Terra parecem ser "protegidos" por gigantes como Júpiter

A organização dos planetas rochosos não é aleatória e, ainda, parece depender de algumas condições iniciais — é o que indica um novo estudo feito por uma equipe internacional de astrônomos e liderado por Martin …

1º parque temático da Nintendo será inaugurado em 2021 com área dedicada a Super Mario

“It’s me, Mario!” O encanador mais famoso do mundo vai trazer seus tubos verdes e aventuras para o mundo real. O Universal Studios do Japão inaugura, em 2021, o Super Nintendo World, o primeiro parque de …

Na TV, Biden volta a mencionar Amazônia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu rival democrata na corrida à Casa Branca, Joe Biden, responderam a perguntas do público em canais de televisão concorrentes na noite desta quinta-feira (15/10). Pela segunda vez …