Cientistas já sabem onde está escondida a matéria escura do Universo

ESO / M. Kornmesser

No Universo, há uma grande quantidade de matéria que não conseguimos ver diretamente. No entanto, os cientistas garantem que, apesar de não a conseguirmos ver, ela existe: é a chamada matéria escura.

A matéria escura puxa as estrelas e galáxias ao seu redor, alterando seus movimentos. Além disso, puxa também a luz conforme ela passa, dobrando sua trajetória, em um fenômeno chamado lente gravitacional. Agora, uma equipe de cientistas estudou esse fenômeno e onde acontece, desenhando um detalhado mapa 3D da matéria escura.

A maior vantagem desse recente mapa cósmico, publicado no arXiv no dia 24 de setembro, é que ajudará os cientistas a descobrir precisamente como e onde a matéria escura opera no espaço. Esse tipo de energia invisível cobre o Universo, acelerando sua expansão.

“Esse mapa nos dá uma imagem mais detalhada da quantidade de energia escura que existe e nos diz também um pouco mais sobre suas propriedades e de que forma acelera a expansão do Universo”, disse Rachel Mandelbaum, astrônoma da Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh, em comunicado.

HSC PROJECT / UTOKYO

Ao analisar as lentes gravitacionais de galáxias distantes, os cientistas criaram um mapa 3D detalhado da distribuição da matéria escura no Universo

Para construir o mapa, a equipe estudou cuidadosamente as formas de até 10 milhões de galáxias, incluindo aquelas muito distantes, das quais a luz criada há milhares de milhões de anos, durante o início do Universo, só agora está atingindo a Terra.

Em seguida, mediram o quanto as formas das galáxias pareciam estar distorcidas em relação ao que esperavam e revelaram a porcentagem dessa distorção que era provocada pela matéria escura. Essa diferença permitiu aos astrônomos medir quanta matéria escura a luz tinha que passar antes de atingir o nosso planeta.

Esse mapa tem por base o primeiro dos cinco anos de observações do telescópio japonês Subaru no Havaí, como parte de um projeto  chamado Hyper Suprime-Cam Survey (HSC). O HSC continuará percorrendo o espaço durante mais quatro anos para tornar o mapa ainda mais preciso e completo.

A equipe comparou os resultados com uma pesquisa realizada anteriormente na Europa, chamada Planck. Essa pesquisa analisou os leves traços do Big Bang deixados para trás na radiação eletromagnética, conhecida como fundo de micro-ondas cósmico. A diferença entre os dois resultados é muito pequena, aliás, pequena o suficiente para que não seja estatisticamente significativa.

O fato de o HSC encontrar resultados um pouco mais baixos do que o Planck levanta uma questão tentadora: será que a energia escura se comporta como a constante cosmológica de Einstein?

A equipe não responde à questão, mas adianta que o HSC é um ótimo complemento para outras pesquisas. “A combinação de dados entre os projetos será uma ferramenta poderosa à medida que tentamos descobrir mais e mais sobre a natureza da matéria escura e da energia escura”, dizem os cientistas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …

EUA e Brasil querem barrar governo Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Os Estados Unidos, o Brasil e outros 11 países rejeitaram nesta segunda-feira (28) a legitimidade do governo de Nicolás Maduro na Venezuela para participar do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A …

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …