A matéria escura pode ter carga elétrica

A matéria escura, o material que (supostamente) compõe cerca de um quarto do Universo, pode ter uma pequena carga elétrica.

Até o momento, sabemos que existe matéria escura apenas por causa da gravidade, já que esse tipo de matéria é responsável por puxar estrelas e galáxias.

No entanto, os astrofísicos Julian Muñoz e Abraham Loeb, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, defendem que uma pequena fração de partículas de matéria escura pode ter uma pequena carga elétrica. Isso significa que a matéria escura poderia ser capaz de interagir com a matéria normal através da força eletromagnética.

Caso a teoria seja confirmada, não é apenas um grande avanço no entendimento da matéria escura, como também uma explicação para um mistério mais recente que tem confundido os cientistas.

Em fevereiro, os astrônomos detectaram, pela primeira vez, um indescritível sinal de gás hidrogênio no alvorecer do Universo, período cerca de 180 milhões de anos após o Big Bang, quando as primeiras estrelas começaram a brilhar.

Atualmente, o hidrogênio que flutua entre as estrelas está muito frio, mais frio do que o fundo de micro-ondas cósmico, a radiação remanescente do Big Bang que banha o Universo. Por ser tão frio, o hidrogênio absorve radiação com um comprimento de onda de 21 centímetros.

Ao medir a absorção da radiação pelo hidrogênio, os astrônomos conseguem entender melhor a aurora cósmica, uma era relativamente desconhecida da história do Universo. Através de uma antena de rádio – a Experiment to Detect the Global Epoch of Reionization Signature (EDGES) – uma equipe de astrônomos conseguiu detectar a absorção pela primeira vez.

Além desta “descoberta incrível”, nas palavras de Muñoz, os astrônomos descobriram também que foram absorvidos pelo hidrogênio o dobro dos fótons. Para o gás absorver tanta radiação, teria que ser ainda mais frio do que os cientistas pensavam.

Os cientistas propuseram que a matéria escura poderia ser a culpada pelo misterioso esfriamento. No artigo científico, publicado em maio na Nature, os cientistas explicam que se menos de 1% de matéria escura tivesse cerca de um milionésimo da carga elétrica de um elétron, essa mesma matéria poderia explicar o calor do hidrogênio.

Neste caso, gelo é matéria escura“, disse Julian Muñoz.

Mas essa não é a única explicação. Em outro estudo, publicado em março, também na Nature, Rennan Barkana, da Universidade de Tel Aviv, em Israel, propôs que uma forma mais geral de matéria escura, que não tem necessariamente uma carga, poderia esfriar a matéria normal e explicar, assim, os dados da EDGES.

Ambas as propostas fazem previsões semelhantes, disse Barkana. “Esse é o momento para adotar uma espécie de otimismo cauteloso e manter a mente aberta, tanto no que diz respeito à observação, como também à interpretação”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …

Testes de DNA da moda não identificam indígenas brasileiros

Testes de DNA estão na moda. Se você pensou em exames para comprovar paternidade ou algo nesse sentido: não é disso que estamos falando (embora pudéssemos). A nova tendência — entre aqueles que têm condições para …

EUA e Brasil querem barrar governo Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Os Estados Unidos, o Brasil e outros 11 países rejeitaram nesta segunda-feira (28) a legitimidade do governo de Nicolás Maduro na Venezuela para participar do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A …

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …