Os dias na Terra estão mais longos; e a culpa é da Lua

NASA

Earthrise 1968, o Nascer da Terra visto da Lua pela missão Apollo 8

Os dias na Terra estão ficando mais longos porque a Lua se afasta 3,82 centímetros por ano, segundo um novo estudo em que se calcula que há 1,4 bilhão de anos um dia durava 18 horas.

“À medida que a Lua se afasta, a Terra é como um patinador no gelo girando ao redor de si mesmo que desacelera à medida que abre os braços”, ilustrou o professor de geociência Stephen Meyers, da universidade norte-americana de Wisconsin-Madison, coautor do estudo publicado no boletim da Academia Nacional das Ciências dos Estados Unidos.

No estudo, foi reconstituída a história da relação da Lua com a Terra, cujo movimento no espaço é influenciado por outros corpos celestes que exercem força sobre o planeta, como seu satélite e outros planetas. Isso faz com que haja variações na rotação da Terra e na translação em torno do Sol.

“Nosso trabalho descreve um método estatístico que liga a astronomia teórica com observação geológica, a astrocronologia, para investigar o passado da Terra, reconstituir a história do Sistema Solar e compreender mudanças climáticas ancestrais registradas na rocha”, diz Meyers, citado pelo Phys.org.

No entanto, o fenômeno do afastamento da Lua não é novo. Já em março de 2015, a pesquisadora Margaret Ebunoluwa Aderin-Pocock, do Departamento de Ciência e Tecnologia do University College de Londres, explicava que a Lua está se afastando da Terra a uma velocidade de 3,78 centímetros por ano – um pouco mais de 1 milímetro por dia.

Graças aos pousos na Lua das missões Apollo, da NASA, entre 1969 e 1972, podemos medir a distância da Terra à Lua com incrível precisão. Em três destas missões, os astronautas deixaram no satélite unidades retrorrefletoras cheias de pequenos espelhos.

A experiência foi, aliás, eternizada na TV no episódio “Lunar Excitation” da conhecida série The Big Bang Theory, no qual os personagens disparam um raio laser à Lua do telhado.

Por que a Lua se afasta da Terra?

O afastamento da Lua se deve à fricção entre a superfície da Terra e a enorme massa de água que a cobre. Essa fricção faz com que, ao longo do tempo, a Terra gire um pouco mais lentamente sobre seu eixo: a água atrasa a rotação da Terra.

De acordo com a terceira lei de Newton, por cada ação há uma reação de força igual e no sentido oposto. A Terra e a Lua estão unidas por uma espécie de abraço gravitacional. À medida que o movimento de rotação da Terra diminui, o da Lua acelera.

E, quando um corpo que está em órbita acelera, essa aceleração o empurra para fora do “abraço”.

O efeito da desaceleração da Terra

A diminuição da velocidade de rotação da Terra e distância da Lua afetam o planeta de várias formas. À medida que a Terra gira mais devagar, os dias ficam mais longos, em dois milésimos de segundo a cada século.

Além disso, os invernos serão muito mais frios e os verões, muito mais quentes. As marés também são afetadas com esse efeito. Se a força gravitacional da Lua se torna mais fraca, as marés nas Terra não serão tão acentuadas.

E, na realidade, nenhuma destas consequências deve nos preocupar: as mudanças são muito sutis para que possamos sequer percebê-las no nosso tempo de vida. A Lua nunca vai fugir da Terra. Mesmo que a Terra continue a diminuir sua velocidade, a certo momento acabaria girando na mesma velocidade que a Lua nos orbita.

Nesse momento, a Terra e a Lua chegariam a um equilíbrio, a Lua deixaria de se afastar, e seria um satélite geoestacionário. Mas muito antes de isso acontecer, o Sol irá se expandir, se transformar numa gigante vermelha e engolir a Terra e seu satélite natural.

Portanto, esqueça a Lua. É com o Sol que devemos nos preocupar – dentro de “apenas” 5 bilhões de anos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …

Alemanha quer exigir de viajantes teste de covid-19 feito antes de embarque

Ministro da Saúde alemão defende que passageiros vindos de territórios de risco, incluindo o Brasil, apresentem exame negativo realizado em país de origem para entrar na Alemanha. O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, defendeu nesta …