China apresenta seu novo Palácio Celestial, a estação espacial do futuro

Equipada com painéis solares, com um peso mínimo de 60 toneladas e aberta a todos os países para experiências científicas. A China apresentou uma réplica da sua primeira grande estação espacial, que pretende colocar no espaço a partir de 2022.

A Estação Espacial Chinesa (CSS), também chamada de Tiangong (que significa “Palácio Celestial”) foi apresentada na Feira Aeronáutica e Aeroespacial em Zuhai, localizada no sul da China.

A réplica da futura estação é composta por três partes: um módulo principal com cerca de 17 metros de comprimento, destinado à vida e trabalho dos ocupantes e dois anexos disponíveis para a realização de experiências científicas. O início da montagem da CSS está previsto para 2022 e tem uma estimativa de vida de 10 anos.

Com um peso total mínimo previsto de 60 toneladas, equipada com painéis solares, a estação espacial do futuro tem capacidade para três astronautas, que poderão viver lá continuamente e realizar pesquisas em áreas como ciência, biologia e microgravidade.

A China anunciou também que a estação estará aberta a todos os países, para fins de experimentação científica, tendo já vários institutos, universidades e empresas públicas e privadas sido convidadas a apresentar propostas.

Até o momento, contam-se 40, provenientes de 27 países e regiões que vão, posteriormente, passar por um processo de seleção.

Bill Ostrove, especialista em questões espaciais no gabinete de aconselhamento Forecast International, garante que “ao longo do tempo, a China colherá bons frutos“. “Muitos países e um número crescente de empresas privadas e universidades têm programas espaciais, mas não têm o dinheiro para construir a sua própria estação espacial.

A possibilidade para eles (graças à China) de enviar cargas úteis para uma plataforma de voo habitada e realizar experiências é algo extremamente precioso”, observa.

A Agência Espacial Europeia (ESA) está já envia astronautas para treinar na China com o objetivo de viajar um dia para a estação chinesa.

Apesar da rivalidade entre Pequim e Washington, envoltos em uma guerra comercial, Chen Lan – analista para o site especializado no programa espacial chinês GoTaikonauts.com – afirma que é possível que um astronauta americano venha a trabalhar a bordo da CSS: “A agência espacial chinesa e a ONU poderiam pensar em algo assim. Mas não é certo que o Congresso americano tenha a mesma opinião”.

A Estação Espacial Chinesa (CSS) deverá se tornar a única a existir no espaço, uma vez que está prevista a retirada da Estação Espacial Internacional (EEI) — que associa Estados Unidos, Rússia, Europa, Japão e Canadá — em 2024.

“A China vai utilizar sua estação espacial da mesma maneira que os parceiros da EEI utilizam a sua atualmente: pesquisa, desenvolvimento de tecnologia e preparação das equipes chinesas para voos de longa duração”, explicou Chen Lan.

Apesar do gigante asiático passar a ser “uma das grandes potências do espaço”, Bill Ostrove (especialista em questões espaciais na Forecast International) refere que a Rússia, o Japão e a Índia vão continuar a desempenhar um “papel importante“, com os Estados Unidos continuando a ser o atual “poder espacial dominante”.

“Dominar o espaço nunca foi uma meta para a China”, aponta Chen Lan, referindo que as questões comerciais são cada vez mais importantes a nível espacial, sendo a inovação e a ciência fortes impulsionantes econômicos.

Pequim investe milhões no seu programa espacial, com a coordenação do Exército. Coloca satélites em órbita por conta própria (observação, telecomunicações e sistema de geolocalização Beidu) e espera ainda enviar um robô a Marte e humanos à Lua.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …