Pyongyang quer “fazer as pazes” com a Coreia do Sul

(dv) KCNA / YONHAP

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O regime de Pyongyang pediu nesta segunda-feira (8), véspera das eleições presidenciais na Coreia do Sul, o fim do conflito com Seul e a abertura de uma “nova era de reunificação”.

“O conflito com a Coreia do Norte, prolongada pelo partido conservador [sul-coreano], deve terminar, e as forças da nossa nação devem se unir para abrir uma nova era de reunificação”, de acordo com uma coluna de opinião no diário oficial Rodong Sinmun.

A Coreia do Sul realiza na terça-feira (9) eleições presidenciais antecipadas. O candidato Moon Jae-in do Partido Democrático é dado como favorito.

Se Moon ganhar, vai pôr fim a uma década de governos conservadores na Coreia do Sul, período durante o qual a tensão entre Norte e Sul se agravou, na sequência do fim da era “arco-íris” liberal em 2007.

O texto publicado no Rodong culpou a “marionete conservadora” pela “trágica” relação entre o Norte e o Sul, a qual acusa de “procurar unicamente o conflito e a guerra”.

“A relação entre o Norte e o Sul se deteriorou paulatinamente na última década” com a associação do partido conservador sul-coreano aos Estados Unidos, escreveu o jornal.

O risco de uma guerra nuclear “cresce dia após dia” por culpa do “partido conservador”, responsável por “intensificar a tensão” na região, acrescentou.

As eleições presidenciais na Coreia do Sul ocorrem após meses de tensão na península devido aos repetidos testes de mísseis de Pyongyang – com o receio de que o Norte realize um ensaio nuclear – e à retórica da administração norte-americana de Donald Trump que insinuou a possibilidade de efetuar ataques preventivos.

Em outra coluna de opinião, também publicada pelo mesmo diário, Pyongyang acusa “os traidores” do grupo conservador sul-coreano de usar a questão “da segurança” relativamente ao Norte na campanha eleitoral.

Esse “barulho desonesto” visa “implantar a inimizade com a RPDC [República Popular Democrática da Coreia, nome oficial da Coreia do Norte]” e “justificar a política de conflito entre compatriotas”, acrescentou.

“A forma de garantir a segurança da Coreia do Sul é conseguir a paz e a reunificação”, concluiu o mesmo artigo.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Raios" azuis misteriosos podem ser mais comuns do que os cientistas pensavam

Entre os vários fenômenos climáticos que existem, os raios continuam enigmáticos para nós: embora tempestades não sejam tão raras, ainda não entendemos completamente as descargas elétricas geradas no céu — muito menos aquelas apelidadas de …

Dono de cachorro machucado gasta R$ 2.200 para descobrir que o bicho estava imitando o dono por solidariedade

De vez em quando, nossos amados animais de estimação provam ser ainda mais doces e solidários do que muitas pessoas. Conheça Bill — um lurcher de Londres que está imitando a mancada de seu dono …

Minas Gerais é uma das 10 regiões mais acolhedoras do mundo: ranking

Minas Gerais está entre as 10 regiões mais acolhedoras do mundo. É que diz a eleição do Traveller Review Awards 2021, que incluiu pela primeira vez uma localidade brasileira no ranking internacional divulgado todo ano. Minas …

Manaus suspende campanha de vacinação contra covid-19

Segundo prefeitura, medida visa redefinir a prioridade dentro de grupo que deve receber primeiras doses. Paralisação temporária ocorre em meio a suspeitas de desvios do imunizante para parentes de empresários. A vacinação contra a covid-19 foi …

"Estupendamente grandes": cientistas descobrem buracos negros maiores que os supermassivos

Estudo sugere a possível existência de "buracos negros estupendamente grandes", ainda maiores do que os buracos negros supermassivos já observados no centro das galáxias. Os astrônomos já estudam há algum tempo os buracos negros supermassivos (SMBHs, …

União Europeia quer acelerar vacinação contra Covid-19 em todo o bloco

Líderes europeus se reúnem em videoconferência nesta quinta-feira (21) para discutir como acelerar a campanha de imunização contra a Covid-19 nos países-membros. Na agenda, os dirigentes da União Europeia também devem debater a cooperação …

Britânico não pode entrar na Holanda com sanduíche e ouve: ‘Bem-vindo ao Brexit’

Um simples sanduíche de presunto, feito em casa e devidamente embrulhado em papel alumínio, foi motivo suficiente para que um motorista britânico fosse parado, interrogado e por fim perdesse o alimento na alfândega localizada na …

Inclinação de Saturno pode ser explicada pela migração de suas luas; entenda

Em um novo estudo, cientistas do French National Centre for Scientific Research (CNRS) e da Sorbonne University perceberam que a inclinação de Saturno pode ser causada pela influência da migração de suas luas — principalmente …

A verdade sobre as pessoas que "ouvem" os mortos: estudo

Cientistas identificaram os traços que podem tornar uma pessoa mais propensa a afirmar que ouve as vozes dos mortos. De acordo com novas pesquisas, uma predisposição a altos níveis de absorção em tarefas, experiências auditivas incomuns …

OMS diz não ter conhecimento de mortes relacionadas ao uso da vacina da Pfizer

A OMS não tem conhecimento de qualquer morte relacionada ao uso da vacina contra a COVID-19 produzida pelos laboratórios Pfizer e BioNTech, disse hoje (20) a diretora-geral adjunta da organização, a brasileira Mariângela Simão. "Temos uma …