Raça de cães mais antiga e rara do mundo foi redescoberta na natureza

NGHWDF

-

O mais antigo e primitivo cachorro do mundo finalmente foi visto em seu habitat natural, acabando com temores de que tivesse desaparecido totalmente.

Os pesquisadores confirmaram a existência de uma população saudável e viável, escondida em uma das regiões mais remotas e inóspitas da Terra, as montanhas centrais da Nova Guiné. De acordo com a análise de DNA, estes são os mais antigos canídeos existentes.

Uma recente expedição à área resultou em mais de 100 fotografias de pelo menos 15 indivíduos selvagens, incluindo machos, fêmeas e filhotes, florescendo em isolamento e longe do contato humano.

“A descoberta e confirmação deste cão selvagem pela primeira vez em mais de meio século não é apenas empolgante, mas uma oportunidade incrível para a ciência”, disse em um comunicado o grupo por trás da descoberta, o New Guinea Highland Wild Dog Foundation (NGHWDF).

Se você não está familiarizado com essas criaturas, esses cães selvagens só eram estimados a partir de duas fotografias promissoras, mas não confirmadas, feitas em 2005 e 2012.

Temores sobre a extinção

Eles não tinham sido documentados com certeza em seu ambiente nativo há mais de meio século e os especialistas temiam que tivessem sido extintos.

Conduzida pelo zoólogo James K. McIntyre, a expedição se reuniu com pesquisadores locais da Universidade de Papua, que também estavam na trilha dos cães.

Uma cópia enlameada de uma pata em setembro de 2016 finalmente iluminou o caminho de todos, oferecendo evidências de que os animais ainda vagavam nas florestas densas das montanhas, 3.460 a 4.400 metros acima do nível do mar.

Câmeras foram implantadas por toda a área da pegada, finalmente capturando mais de 140 imagens dos cães em apenas dois dias no pico de Puncak Jaya, o mais alto do Monte Carstensz e da ilha.

-

A equipe também foi capaz de observar e documentar os cães em primeira mão, e análise de DNA de amostras fecais confirmaram a sua relação com dingos australianos e cães-cantores-da-nova-guiné, variantes criadas em cativeiro desse cão selvagem.

Devido à falta de evidências da espécie, não está claro exatamente se as três espécies realmente são relacionadas, mas os cientistas esperam responder essa questão em breve.

O registro fóssil indica que o raro cão se estabeleceu na ilha pelo menos 6 mil anos atrás, chegando junto com imigrantes humanos. No entanto, novas evidências sugerem que eles podem ter migrado independentemente dos seres humanos. A importância científica e histórica da espécie continua a ser crítica para a compreensão da evolução dos canídeos.

Mais informações

Esses animais são mais comumente dourados, mas também existem em tons mais escuros e amarelados. Suas caudas são altas e em forma de gancho, como as de um Shiba Inu. Em todos os indivíduos observados até agora, as orelhas são eretas e triangulares.

Embora isso ainda não tenha sido confirmado, os cães selvagens da região montanhosa devem poder fazer as mesmas vocalizações únicas de seus parentes nascidos em cativeiro, os cães-cantores-da-nova-guiné:

A pesquisa sobre esses animais ainda está em andamento e um artigo científico sobre a descoberta será lançado nos próximos meses. Mas boa notícia é que os pesquisadores estão otimistas sobre suas chances de sobrevivência.

Empresas de mineração locais precisaram tomar medidas especiais de proteção ambiental para preservar o ecossistema em torno de suas instalações, o que significa que inadvertidamente criaram um santuário no qual os cães selvagens puderam prosperar.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China revela 1ª apresentadora virtual desenvolvida por inteligência artificial e tecnologia 3D

Apresentada recentemente pela agência estatal chinesa Xinhua, a primeira apresentadora digital, feita com tecnologia 3D e inteligência artificial do mundo já está trabalhando. Batizada de Xin Xiaowei, a âncora humanoide replica à perfeição a aparência, feições, …

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …

Exoplanetas habitáveis poderiam ser identificados por 'código de cores', afirma estudo

As enormes distâncias até os exoplanetas teoricamente capazes de suportar vida impedem a observação direta e a exploração dessas possibilidades, levando cientistas a procurar soluções inovadoras. Uma equipe de astrônomos da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, …