Todos os cães do mundo evoluíram a partir de um único grupo de lobos

Paco Ruiz / Flickr

Um novo estudo argumenta que os cães podem ter evoluído de uma população de lobos de único local por volta de 20 mil a 40 mil anos atrás.

Coordenado por Krishna Veeramah, da Universidade Stony Brook, nos EUA, o estudo contradiz a principal teoria sobre a evolução canina – a de que ela ocorreu de populações diferentes de lobos vivendo a milhares de quilômetros uma da outra.

A nova hipótese tem como base o estudo do DNA dos ossos de três cachorros encontrados em sítios arqueológicos na Alemanha e na Irlanda, com idades variando entre 4,7 mil e 7 mil anos. Os animais antigos tinham ancestrais em comum com caninos modernos europeus.

Analisando as taxas de mudança genética, os cientistas conseguiram estimar que a domesticação de lobos ocorreu entre 20 mil e 40 mil anos atrás.

Veeramah explica que o processo teve início quando uma população de lobos se aproximou de acampamentos nômades em busca de sobras de comida.

“Os humanos não se beneficiaram imediatamente do processo, mas com o passar do tempo desenvolveram algum tipo de relacionamento simbiótico com os animais. Eventualmente, os animais evoluíram para os cães que conhecemos hoje”, explica o cientista.

Como os cães de rua

A história do surgimento dos cães a partir de lobos é complexa e gera intensos debates.

Cientistas acreditam que os cachorros começaram a correr o mundo, possivelmente na companhia de humanos, há cerca de 20 mil anos. Há 7 mil anos, estavam dispersos pelo planeta, mas ainda não eram o que se pode chamar de animais de estimação.

”Eles provavelmente eram animais parecidos com os cães de rua de hoje, que se reproduzem livremente e não vivem em nenhuma casa específica”, explica Veeramah.

Posteriormente, os animais passaram a ser criados para ajudar na caça e no pastoreio, um processo que ao longo do tempo criou centenas de raças modernas.

O estudo, publicado na revista científica Nature Communications, sugere que raças encontradas em locais tão distintos quanto as Américas e as Ilhas do Pacífico derivam de cães europeus. “Nosso cachorro de 7 mil anos da Europa é virtualmente um ancestral para a maioria das raças modernas”, diz Veeramah.

”E esse relacionamento pode chegar até ao mais antigo fóssil canino que conhecemos, que é aproximadamente de 14 mil anos atrás e foi encontrado na Alemanha.”

Pesquisas anteriores argumentaram que os primeiros cães domesticados surgiram em lados opostos da Eurásia há mais de 12 mil anos. Posteriormente, os cães orientais teriam migrado com humanos e se reproduzido com os ocidentais.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Netflix vai permitir reprodução de filmes e séries parcialmente baixados

Já faz um bom tempo que a Netflix liberou a função de baixar filmes e séries para ver offline e, agora, parece que a empresa trabalha em uma maneira de liberar a reprodução antes mesmo …

China revela 1ª apresentadora virtual desenvolvida por inteligência artificial e tecnologia 3D

Apresentada recentemente pela agência estatal chinesa Xinhua, a primeira apresentadora digital, feita com tecnologia 3D e inteligência artificial do mundo já está trabalhando. Batizada de Xin Xiaowei, a âncora humanoide replica à perfeição a aparência, feições, …

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …