Ressonância magnética pode ser usada no diagnóstico de depressão

(dr) baycrest.org

-

O diagnóstico atual da depressão é baseado em avaliação clínica, com base no que os indivíduos relatam sentir. Pessoas com depressão frequentemente descrevem uma inabilidade de sentir prazer com as coisas das quais costumavam gostar, necessidade de se isolar e fadiga, entre outros sintomas.

Mas alguns casos de depressão não são tão facilmente identificáveis apenas clinicamente. Pior ainda, muitas pessoas ainda acreditam que depressão é apenas um estado de espírito, sem motivos físicos para acontecer.

Por isso a notícia de que agora é possível apoiar este diagnóstico com exames de imagem é animadora para muitas pessoas. Pesquisadores conseguiram identificar algumas regiões cerebrais que são afetadas em pessoas com depressão.

Uma dessas regiões cerebrais afetadas pela doença é o sistema límbico, que apresenta reduções em sua massa cinzenta. Esta região é responsável pelas emoções, comportamento e motivação. Outra região é a pré-frontal, que envolve a tomada de decisões e o comportamento cognitivo.

A maioria das pesquisas anteriores comparava grupos de pessoas com depressão e pessoas saudáveis, mas este estudo foi um pouco diferente. Cynthia Fu, uma das pesquisadoras da Universidade do Leste de Londres (Reino Unido), diz que até algoritmos foram utilizados no trabalho.

Identificamos padrões nas regiões cerebrais que são mais comumente identificadas no grupo de pacientes com depressão. Então questionamos se o mesmo padrão poderia ser encontrado em outra pessoa e se isso indicaria que ela também está sofrendo de depressão”, descreve ela.

Para fazer isso, foi aplicada uma forma de análise chamada Aprendizado de Máquina, usando algoritmos desenvolvidos através de teorias da inteligência artificial. Ela funciona ao reconhecer padrões em dados e aprender com esses padrões para fazer previsões em novos dados.

Esses dados vieram de exames de ressonância magnética em 23 adultos com depressão profunda e 20 indivíduos saudáveis.

Tratamento ideal

O estudo também analisou possíveis abordagens de tratamento para os pacientes. Os pesquisadores queriam saber se a ressonância poderia indicar se aquele paciente teria uma boa resposta a medicamentos ou a terapia psicológica.

“Descobrimos que há padrões específicos no cérebro que distinguem o quanto a depressão de uma pessoa vai melhorar se tratada com antidepressivos ou com terapia psicológica”, diz a pesquisadora.

Os pacientes com grande potencial para responder ao tratamento com medicamentos tinham uma densidade maior na região da massa cinzenta relacionada à motivação. Já os pacientes com baixo potencial tinham maior densidade em áreas do cérebro envolvidas na recompensa.

“Com base nisso, conseguimos dizer se um paciente responderia bem à antidepressivos”, resume a cientista.

Um desafio do estudo é aprender a identificar áreas do cérebro que são específicas da depressão, e não de outros transtornos como a o transtorno bipolar ou a esquizofrenia.

O estudo foi publicado na revista British Journal of Psychiatry, e mostra que a depressão está ligada a uma mudança na estrutura cerebral. Outros pesquisadores apoiam os resultados da pesquisa, que deve ser replicada em outras universidades em breve.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …

Empreendedor mineiro cria vassoura mágica que também é meio de transporte

A sensação de voar em uma vassoura mágica se tornou possível em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelas mãos do empreendedor Alexandre Russo, de 28 anos. Fundador da empresa Nuvem Vassouras, o mineiro criou a “Real Flying …

Bebês ingerem 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia, diz estudo

Um bebê de 12 meses ingere, em média, mais de 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia que são liberadas da mamadeira, revelou um estudo divulgado nesta segunda-feira (19/10). O impacto destas micropartículas para …

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão na 77ª fase da Lava Jato

São sete mandatos no Rio de Janeiro e em Niterói contra suspeita de propina na Petrobras envolvendo pouco mais de três bilhões de litros de combustíveis. Por determinação da 13ª Vara Federal em Curitiba (PR), a …

Suspeitos de COVID-19 podem ter dados compartilhados com a polícia na Inglaterra

  As informações pessoais de suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) podem ser utilizadas pela polícia da Inglaterra para garantir que eles não quebrem o isolamento. De acordo com as informações oficiais, as autoridades poderão ter …