Maior descoberta em meio século: cetamina pode tratar depressão

Os cientistas falam do uso de cetamina para o tratamento da depressão como a “maior descoberta dos últimos 50 anos”. Embora a cetamina seja popularmente conhecida como uma droga usada em festas, os cientistas descobriram agora que pode ser utilizada para tratar rapidamente a depressão.

“Imagine que você sai da sala de emergência com uma dor muito forte no pulmão, uma dor tão forte que mal consegue pensar. E o médico diz ‘aqui está um remédio que temos usado há 30 anos, funciona em 50-60% dos casos e deve começar a fazer efeito em 4-6 semanas’. Esse é o melhor que podemos fazer”, disse Cristina Cusin, psiquiatra e professora assistente da Universidade de Harvard.

A observação de Cusin se refere a inibidores seletivos de recaptação de serotonina (SSRI), uma classe de drogas antidepressivas tipicamente usadas para tratar depressão e transtornos de ansiedade. Os SSRI demoram várias semanas para se tornarem efetivos.

Cusin analisou a pesquisa existente sobre cetamina: pôs as mãos em cerca de 40 estudos sobre a substância, com imagens cerebrais. No fim, publicou as descobertas no Harvard Review of Psychiatry deste mês.

Os resultados do estudo revelaram que os pacientes deprimidos que são administrados com cetamina em ambientes clínicos cuidadosamente controlados sofrem mudanças positivas no cérebro, particularmente em áreas que regulam a emoção.

Em dezembro de 2017, pesquisadores que trabalhavam com pacientes deprimidos e suicidas na Universidade de Colúmbia observaram que o uso clínico de cetamina reduziu os pensamentos suicidas muito mais do que um sedativo usado regularmente.

Na verdade, os estados de espírito da maioria dos pacientes melhoraram em menos de 24 horas após serem prescritos com cetamina em situações controladas. A publicação de Cusin sugere que a droga tem “muito potencial”.

A cetamina é uma medicação utilizada principalmente para induzir e manter a anestesia. A substância induz o paciente a um estado de transe, proporcionando alívio da dor, sedação e perda de memória.

Outros usos incluem alívio de dor crônica e sedação nos cuidados intensivos. A função cardíaca, a respiração e reflexos das vias respiratórias, geralmente, permanecem em funcionamento.

Os efeitos normalmente têm início dentro de cinco minutos quando administrado por injeção e os principais efeitos analgésicos duram até 25 minutos.

Ciberia // Sputnik News / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA podem proibir aplicativos chineses, incluindo TikTok, diz secretário de Estado

Mike Pompeo já acolheu uma medida semelhante da Índia, que emitiu uma ordem provisória bloqueando o TikTok e outros 58 aplicativos ligados à China em meio ao primeiro choque fronteiriço mortal em décadas. O secretário de …

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19

O Brasil superou a marca de 65 mil mortos por covid-19 nesta segunda-feira (06/07), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde. Foram 620 óbitos registrados nas últimas …

Homem cria uma "cadeira de rodas" off-road para que sua esposa possa ir a lugares que ela nunca imaginou

Quem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover sabe que não é nada fácil percorrer certos terrenos. Viagens a lugares nevados, trilhas tropicais, montanhas… Tudo isso parece impossível. Mas não deveria ser. Aliás, …

Samsung pode ser beneficiada por tensão entre China e Índia

Enquanto os exércitos da China e da Índia se estranham na fronteira entre os dois países, quem pode sair ganhando com a rivalidade é uma empresa sul-coreana. A Samsung deve ser a principal beneficiada com o …

Com epidemia de Covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional

Enquanto o coronavírus segue se propagando pelo continente americano, Cuba garante que a epidemia está controlada no país e reabre algumas praias ao turismo internacional. No total, país registrou pouco mais de 2.300 contaminações …

Pesquisadores encontram novos dados sobre época de Genghis Khan

Grande parte da vida de Genghis Khan permanece ainda um mistério, mas um novo estudo de pesquisadores da Austrália e Mongólia fornece novos dados sobre sua época. Genghis Khan, que teria vivido entre 1162 e 1227, …

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …