Maior descoberta em meio século: cetamina pode tratar depressão

Os cientistas falam do uso de cetamina para o tratamento da depressão como a “maior descoberta dos últimos 50 anos”. Embora a cetamina seja popularmente conhecida como uma droga usada em festas, os cientistas descobriram agora que pode ser utilizada para tratar rapidamente a depressão.

“Imagine que você sai da sala de emergência com uma dor muito forte no pulmão, uma dor tão forte que mal consegue pensar. E o médico diz ‘aqui está um remédio que temos usado há 30 anos, funciona em 50-60% dos casos e deve começar a fazer efeito em 4-6 semanas’. Esse é o melhor que podemos fazer”, disse Cristina Cusin, psiquiatra e professora assistente da Universidade de Harvard.

A observação de Cusin se refere a inibidores seletivos de recaptação de serotonina (SSRI), uma classe de drogas antidepressivas tipicamente usadas para tratar depressão e transtornos de ansiedade. Os SSRI demoram várias semanas para se tornarem efetivos.

Cusin analisou a pesquisa existente sobre cetamina: pôs as mãos em cerca de 40 estudos sobre a substância, com imagens cerebrais. No fim, publicou as descobertas no Harvard Review of Psychiatry deste mês.

Os resultados do estudo revelaram que os pacientes deprimidos que são administrados com cetamina em ambientes clínicos cuidadosamente controlados sofrem mudanças positivas no cérebro, particularmente em áreas que regulam a emoção.

Em dezembro de 2017, pesquisadores que trabalhavam com pacientes deprimidos e suicidas na Universidade de Colúmbia observaram que o uso clínico de cetamina reduziu os pensamentos suicidas muito mais do que um sedativo usado regularmente.

Na verdade, os estados de espírito da maioria dos pacientes melhoraram em menos de 24 horas após serem prescritos com cetamina em situações controladas. A publicação de Cusin sugere que a droga tem “muito potencial”.

A cetamina é uma medicação utilizada principalmente para induzir e manter a anestesia. A substância induz o paciente a um estado de transe, proporcionando alívio da dor, sedação e perda de memória.

Outros usos incluem alívio de dor crônica e sedação nos cuidados intensivos. A função cardíaca, a respiração e reflexos das vias respiratórias, geralmente, permanecem em funcionamento.

Os efeitos normalmente têm início dentro de cinco minutos quando administrado por injeção e os principais efeitos analgésicos duram até 25 minutos.

Ciberia // Sputnik News / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …