Falta de uma simples molécula pode ser a causa da depressão para milhões de pessoas

A pesquisa em busca de melhores diagnósticos e tratamentos para pacientes com depressão pode agora tomar um novo rumo graças à recente descoberta de um novo biomarcador: a acetil-L-carnitina.

Os cientistas envolvidos no estudo descobriram que pessoas que sofrem de depressão apresentam níveis sanguíneos baixos de uma molécula chamada acetil-L-carnitina.

Além disso, os indivíduos com sintomas particularmente graves da doença, resistentes aos tratamentos ou que desenvolveram a condição na infância, são os que apresentam os níveis mais baixos.

A acetil-L-carnitina desempenha um papel crucial no metabolismo da gordura e na produção de energia. Não é uma substância esotérica: é amplamente disponível como suplemento dietético.

Nos últimos anos, têm surgido vários indícios que apontam para uma correlação entre a depressão e os níveis baixos desse biomarcador. A equipe, que inclui pesquisadores da Universidade Rockefeller (EUA), da Universidade de Duke (EUA) e do Instituto Karolinska (Suécia), conduziu uma experiência em cobaias para conseguir alcançar o feito.

Na experiência, os cientistas puderam concluir que a acetil-L-carnitina tem um efeito antidepressivo de ação rápida nos animais, ao contrário dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina, que demoram semanas para produzir algum efeito.

Mas a equipe não ficou por aqui e realizou também um estudo com pacientes humanos de forma a concluir se há ou não bases suficientes para se possível realizar uma experiência semelhante em pessoas.

Dessa forma, os cientistas convidaram 71 pacientes com diagnóstico de depressão, homens e mulheres com idades entre 20 e 70 anos, e 45 pessoas saudáveis como grupo de controle.

Na experiência, os participantes tiveram de preencher um questionário detalhado, passar por uma avaliação clínica, partilhar o seu histórico médico e ainda fazer uma análise ao sangue. Dos 71 pacientes com depressão, 28 tinham sintomas moderados e 43 tinham sintomas graves.

Quando comparados ao grupo de controle, os pacientes com depressão tinham níveis substancialmente mais baixos de acetil-L-carnitina. Os pacientes com depressão grave apresentaram os menores níveis – pacientes cuja condição resistiu a medicamentos antidepressivos, pacientes com depressão de início precoce e pacientes que sofreram de abuso, negligência, pobreza ou violência na infância.

De acordo com os pesquisadores, esses pacientes constituem de 25 a 30% de toda a população que sofre de depressão e são, também, os que mais necessitam de ajuda.

Encontrada a ligação, o próximo passo passa por testar se os suplementos de acetil-L-carnitina podem ajudar a curar a depressão nestes pacientes, à semelhança do que aconteceu na experiência realizada com as cobaias.

Ainda assim, os especialistas alerta para o fato de haver ainda um longo caminho a percorrer. Os cientistas desconhecem o motivo da correlação da molécula com a doença ou o efeito que ela desempenha na condição.

O estudo realizado em camundongos sugeriu que a acetil-L-carnitina desempenha um papel no cérebro, impedindo o disparo excessivo de neurônios excitatórios, mas essa função precisa ainda ser muito explorada.

Natalie Rasgon, psiquiatra e pesquisadora da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, defende que, apesar de o estudo ter identificado um importante biomarcador do transtorno depressivo, há ainda muitas perguntas que precisam de resposta antes de os cientistas poderem avançar e recomendar com um tratamento.

“Qual a dose, a frequência e a duração adequadas para a suplementação com essa substância?”, questiona a cientista. “Esse é o primeiro passo e exigirá ensaios clínicos de grande escala, cuidadosamente controlados”, concluiu Rasgon.

As conclusões do estudo foram publicadas recentemente nos Proceedings of the National Academy of Sciences.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo implante controla fome e pode substituir cirurgia bariátrica

Um implante simples de um dispositivo sem fio, que controla o apetite, pode substituir a cirurgia bariátrica. Ele foi criado por médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas, EUA e pode ajudar na perda de …

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as …

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

"Não comemorei ou me orgulhei de ter banido Trump do Twitter", diz Jack Dorsey

Em uma série de tuítes, Jack Dorsey, cofundador e CEO do Twitter, defendeu o banimento de Donald Trump da rede social na última sexta-feira (8). Segundo o executivo, essa foi a medida certa para a …

EUA adicionam Xiaomi e mais 8 empresas chinesas à lista de companhias ligadas a militares

Departamento de Defesa dos EUA lista Xiaomi e mais oito empresas por ligações com militares chineses. Para analistas, a listagem é um "frenesi final" do governo Trump em sua campanha anti-China. Na quinta-feira (14), o Departamento …