Se for presidente em 2018, Bolsonaro indicará Paulo Guedes como ministro da Fazenda

Wilson Dias / ABr

O deputado Jair Bolsonaro

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) revelou nesta segunda-feira (27), no seminário Amarelas ao Vivo, que, se for eleito no ano que vem, seu provável ministro da Fazenda será o economista Paulo Guedes. Em tom metafórico, ele disse que já teve algumas conversas com Guedes, e que sua relação com ele por ora “é de um namoro, que pode se transformar em noivado”.

Guedes é professor de macroeconomia na Pontifícia Universidade Católica (PUC), na Fundação Getúlio Vargas (FGV) e no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), todos no Rio de Janeiro, e tem PhD pela Universidade de Chicago. Ele é conhecido por ser um crítico ferrenho à ideia de social-democracia e por ser um defensor do liberalismo puro.

O anúncio de Bolsonaro representa um aceno ao mercado financeiro e uma tentativa de se distanciar da imagem de defensor do modelo militar de estatização. Em seus sete mandatos na Câmara Federal, o deputado foi crítico do Plano Real, propôs apenas três projetos ligados a economia e já admitiu ser ignorante no assunto.

Por isso, para dirimir as críticas de ser um postulante ao maior cargo do Executivo sem saber sobre fundamentos básicos de economia, passou a divulgar o nome de seus conselheiros na área, como o pesquisador do IPEA Adolfo Sachsida, que também tem viés liberal.

Em um texto publicado no jornal O Globo no mês passado, Guedes avaliou que o “centro” da política está “vazio” e especulou sobre um segundo turno disputado entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Nós temos um gargalo que chama Câmara e Senado. Se você não tiver apoio lá, não vão chegar a lugar nenhum”, afirmou, sem detalhar como se daria a tramitação “paulatina” das mudanças nas aposentadorias.

Prestes a trocar o PSC pelo recém-criado Patriota, que lhe garantiria legenda para disputar o Planalto, Bolsonaro afirmou que pretende viabilizar sua candidatura e um possível governo sem fazer concessões a partidos políticos aliados – tarefa improvável, tanto pelas circunstâncias e a dimensão de uma campanha presidencial quanto pelas necessidades de governabilidade e a dinâmica do Congresso.

Vou governar sem o toma lá dá cá. Você acha que o Renan Calheiros vai chegar pra mim e pedir a presidência do Banco do Nordeste? Com que cara ele iria pedir isso?”, ironizou.

Bolsonaro não respondeu quando questionado sobre possíveis nomes para candidato a vice-presidente em sua chapa. O deputado federal também voltou a defender que as mortes de suspeitos em trocas de tiros com a polícia ou decorrentes de ações policiais, os chamados autos de resistência, não sejam sequer investigados.

Indagado se não julga seu posicionamento como “radical”, Jair Bolsonaro fez uma comparação entre o combate à corrupção e o combate à criminalidade. “Você não tem que ser radical para combater a corrupção? Você não tem que ser radical para combater a criminalidade?”, perguntou.

Ciberia // GNI

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Jornalismo “imparcial” é isso: reportagem com vários destaques em negrito, para chamar a atenção para o que incomoda o jornalista.

  2. Chamam o Bolsonaro de radical, como se fosse ofensa.
    Ao contrário, é firmeza de caráter, que os outros não tem.
    Ele diz na cara. Os outros põem panos quentes.
    Ele afirma, os outros mentem descaradamente.
    Isso tudo incomoda muita gente.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …