Servidores e alunos da UERJ fazem nova manifestação contra falta de verbas

Tomaz Silva / Agência Brasil

Alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) fazem manifestação no Largo do Machado, no Catete, na zona sul da capital. O ato chama atenção para o estado precário da universidade

Alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) fazem manifestação no Largo do Machado, no Catete, na zona sul da capital. O ato chama atenção para o estado precário da universidade

Servidores e estudantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) fizeram essa terça-feira (24) mais uma manifestação de apoio à instituição, que sofre com a falta de recursos.

Vários funcionários da instituição estão há meses sem receber e os alunos já tiveram seu retorno às aulas adiado por duas vezes, primeiro para o dia 23 e para o dia 30 de janeiro.

Além da incerteza quanto às aulas, a universidade enfrenta outros problemas, como estado de greve deflagrado pelos professores, com paralisação total prevista para o próximo dia 2, o bandejão da instituição não funciona por falta de pagamento do Estado à empresa que fornece os alimentos, entre outros.

O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Públicas Estaduais do Rio de Janeiro (SINTUPERJ) está elaborando um dossiê com informações sobre a crise atual do Estado a ser enviado para entidades internacionais como a Organização das Nações Unidas. É o que garante o coordenador geral da organização, Antonio Virgílio Fernandes.

“A gente está em vias de concluir esse documento e encaminhar às diversas organizações internacionais para que vejam o cenário calamitoso que estamos passando. É preciso que o mundo ouça nossa voz e preste atenção neste descaso que o governo do estado, por meio do Pezão, faz conosco. Temos inúmeros servidores que não possuem dinheiro sequer para alimentação. Chegamos no fundo do poço”, lamenta.

Segundo a ex-reitora da UERJ Nilceia Freire, que em sua gestão implementou a política de cotas para alunos negros de baixa renda e formandos de escolas públicas, a instituição deve ser valorizada como a solução dos problemas e não como um agravante na situação caótica do estado.

“Me entristece demais ver uma universidade como a UERJ, que sempre trilhou um caminho social com extrema representatividade na formação de cidadãos, ser vista como um problema. Nós somos parte da solução! Somos responsáveis pela formação de diversos cidadãos que por aqui passaram. Uma instituição com um legado desse jamais pode ser vista como problema”, disse.

A diretora do Centro de Tecnologia e Ciências da UERJ, Maria Georgina Muniz, tentou resumir os motivos dos seguidos atos em prol da universidade fluminense. “Apenas queremos trabalhar e nossos alunos querem ter aula. É pedir demais? Hoje não temos o básico para isso. Só queremos ter o mínimo de condições para exercermos nosso papel na sociedade. Desse jeito que está, é impossível”, lamentou.

De acordo com a Secretaria Estadual de Fazenda, mesmo com a crise financeira que atinge o estado, em 2016, o governo repassou à UERJ 65% de seu orçamento previsto para o ano, no valor de R$ 1,1 bilhão.

Segundo a secretaria, como o salário de dezembro e o 13º salário ainda não foram pagos para a maioria do funcionalismo público do Estado do Rio de Janeiro, encontram-se pendentes de pagamento R$ 212,4 milhões em pessoal, que representam 18,9% do orçamento total da UERJ. Para custeio e investimento, ficaram pendentes de pagamento R$ 83,9 milhões, que representam 7,5% do orçamento total da universidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia. Os …

Estudo: declínio de abelhas se aproxima da extinção em massa

De acordo com um novo estudo liderado por cientistas da Universidade de Ottawa (Canadá), a probabilidade de uma população de abelhas sobreviver em qualquer lugar diminuiu 30% no curso de uma geração humana. Os pesquisadores sugerem …

Pesquisador diz ter descoberto droga capaz de apagar memória ruim de separação amorosa

Um pesquisador de Montreal, no Canadá, diz ter encontrado uma maneira de acabar com o sofrimento causado por uma separação traumática — ele "edita" as memórias dolorosas usando um betabloqueador e sessões de terapia. Alain Brunet …

Documento revela que Facebook poderia ter virado uma "Wikipédia da vida privada"

Steven Levy, conhecido editor da Wired, conseguiu colocar as mãos em algo que ele talvez nunca imaginou encontrar: um diário de Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, datado de 2006 e que mostra algumas …

Missão suicida: satélite queimará na atmosfera da Terra, mas por uma boa causa

Na próxima semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) vai destruir um satélite, lançando-o em direção à atmosfera da Terra, só para vê-lo queimar durante a reentrada. Sim, tudo de propósito. Trata-se de um experimento muito …

Pé Grande vagueia pelo Reino Unido enquanto centenas de relatos são registrados

Apesar de a lenda do Pé Grande ser tipicamente americana, centenas de pessoas relataram ter visto a enigmática criatura em diversas localidades do Reino Unido. Se por um lado o Reino Unido é um país relativamente …

Um terço de todas as espécies de animais e plantas pode desaparecer em 50 anos

Um novo estudo da Universidade do Arizona (EUA) estimou que um terço de todas as espécies de plantas e animais do planeta pode ser extinta em até 50 anos devido aos efeitos da mudança climática. Para …

Huawei ataca governo dos EUA e lembra caso Snowden

Em comunicado publicado nesta quinta-feira (13), a Huawei voltou a se defender dos ataques feitos pelos Estados Unidos nesta semana, afirmando que, se tem alguém envolvido com espionagem internacional, esse alguém é justamente o governo …

Os efeitos políticos e religiosos do encontro entre Lula e o papa

Reunião no Vaticano vai além de troca de gentilezas entre dois líderes sul-americanos. Para especialistas, audiência tem repercussões para o ex-presidente, o PT e a própria Igreja Católica, que vive disputa de poder. A reunião entre …

Candidato de Macron à prefeitura de Paris renuncia devido a escândalo sexual

Reviravolta na campanha pelas eleições municipais em Paris a apenas um mês da votação. O candidato do partido presidencial, Benjamin Griveaux, renunciou nesta sexta-feira (14) à corrida pela prefeitura da capital. A decisão foi anunciada …