Sumérios viajaram para o espaço há 7 mil anos (afirma ministro iraquiano)

As primeiras viagens espaciais foram realizadas pela civilização suméria há sete mil anos, segundo uma teoria do ministro iraquiano dos Transportes, Kazem Finjan, que diz também que foram os sumérios que descobriram Plutão.

Kazem Finjan deixou uma plateia de jornalistas perplexos durante uma coletiva de imprensa onde defendeu que as primeiras viagens ao espaço aconteceram há sete mil anos, no tempo da civilização suméria.

O ministro dos Transportes iraquianos acredita que os antigos sumérios, que habitaram a Mesopotâmia (onde actualmente se situa o sul do Iraque) entre 5500 e 4000 a.C., construíram o primeiro aeroporto do mundo, que terá servido para fazer viagens para o espaço.

A partir deste suposto centro de exploração espacial erguido há sete mil anos, os sumérios descobriram Plutão, disse também Finjan, conforme declarações divulgadas pelo site The New Arab.

As alegações do ministro iraquiano deixaram o mundo perplexo e são tão estranhas que os jornalistas presentes na conferência ficaram sem “coragem” para o contradizer, salienta o pesquisador Hayder al-Khoei, do Centro Para os Estudos Académicos Islâmicos Shi’a no Reino Unido, ao publicar um vídeo com as palavras de Finjan.

O ministro assegurou aos jornalistas chocados que basta estudar as obras de especialistas na civilização suméria para confirmar sua teoria, citando em particular o pesquisador russo Samuel Kramer, falecido em 1990 nos EUA, onde vivia exilado.

Kramer foi considerado um dos maiores especialistas do mundo na cultura suméria e editou vários trabalhos sobre o assunto, entre os quais se destaca o livro “The Sumerians“, onde aborda o conhecimento que a antiga civilização tinha sobre o sistema solar.

Os sumérios são considerados uma civilização à frente do seu tempo, com grandes contributos para o desenvolvimento da escrita e da agricultura, e existem várias teorias da conspiração sobre suas ligações a extraterrestres.

Contudo, as palavras do ministro iraquiano originaram, além de espanto, muita sátira nas redes sociais. Um jornalista da televisão Al Jazeera, Amer Al-Kubaisi, chegou a lhe chamar “imbecil” e a agradecer “a Alá pela bênção de um cérebro“, conforme cita o site Memo.

Para todos os efeitos, a primeira viagem espacial foi realizada em 1961 pelo cosmonauta russo Yuri Gagarin.

SV, ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Muito se fala de que a ciência tradicional apoiada por uma imprensa burra que nada pesquisa apenas se apoia nas coisas tradicionalmente escritas estão certas.
    Quando alguém diz o que esse cara diz ele é considerado um estúpido, mas quando milhões vão rezar para um ser imaginário seja ele Ala ou outra criatura qualquer não a ninguém da imprensa ou da area cientifíca contestando que esses milhões precisam se um cérebro.
    Quando milhões seguem um livro cheio de contos de fadas, ainda aparece idiotas que vão a campo tentar provar que aquelas besteiras escritas são verdade.
    Palhaçada

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …