Uma semana após passagem de Dorian, ainda há 2.500 desaparecidos nas Bahamas

NOAA

Cerca de 2.500 pessoas continuam desaparecidas nas Bahamas mais de uma semana depois da passagem do devastador furacão Dorian, informaram os serviços de emergência do arquipélago do Caribe nesta quarta-feira (11). Segundo o último balanço oficial, o ciclone matou ao menos 50 pessoas.

A lista do registro governamental de pessoas desaparecidas ainda não foi comparada com os registros governamentais de pessoas em refúgios ou retiradas de suas casas, ressaltou Carl Smith, representante da agência de gestão de emergências das Bahamas (NEMA). Isso significa que o número de pessoas que não deram notícias na última semana pode mudar.

Até agora, ao menos 50 pessoas morreram na passagem do furacão de categoria 5, que devastou as Bahamas nos dias 1 e 2 de setembro. As autoridades disseram esperar um aumento significativo do número de vítimas.

O norte do arquipélago permanece um caos e a fase de emergência ainda não terminou. A prioridade é retirar os sobreviventes das ilhas mais devastadas. O porta-voz da NEMA disse que as equipes de socorro já retiraram mais de 5.000 pessoas das ilhas Grande Bahama e Ábaco, as mais atingidas por Dorian.

No entanto, ele salientou que durante o último dia, houve uma “redução significativa” do número de pessoas que buscam abandonar suas regiões. Smith disse ter autorizado a retomada de voos comerciais para a ilha de Ábaco de forma “limitada”, mas que seria dada prioridade aos voos de socorro e remoção dos sobreviventes.

As vítimas foram levadas para a ilha Nova Providência, a mais populosa do arquipélago e onde está situada a capital Nassau. Elas encontraram refúgio na casa de familiares, amigos ou em hotéis. Os mais pobres foram acolhidos em centros de alojamento temporários que já estão, em sua maioria, lotados.

O pastor Walter Lucien, que acolhe pessoas em sua igreja, critica a lentidão da ajuda aos atingidos por Dorian e o imobilismo das autoridades. “Eles parecem, falam e nada acontece. As camas só chegaram hoje. Eles prometeram comida, mas até agora não recebemos nada”, lamenta o religioso.

As vítimas, principalmente imigrantes haitianos que perderam tudo, inclusive seus documentos, também temem por seu futuro. “Quanto tempo vamos ficar aqui na igreja?”, pergunta Timothy Ronne, um pescador de 38 anos. Quando eles não poderão mais nos ajudar, vão nos colocar na rua? 15 mil moradores de Ábaco nas ruas de Nassau, sem trabalho! Muitos vão se armar ou se prostituir”, conclui preocupado o pescador.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …