Furacão Dorian atinge Bahamas com ventos de 300 km/h

NOAA

O furacão Dorian atingiu o norte das Bahamas neste domingo (1), com chuvas torrenciais e ventos de cerca de 300 km/h. O ciclone registra uma potência sem precedentes na história deste arquipélago, localizado entre a Flórida, Cuba e o Haiti. Ainda não há um balanço de eventuais vítimas.

Classificado como “catastrófico” pelo americano Centro Nacional de Furacões (NHC), o ciclone de categoria 5 tocou a terra ao meio-dia no horário local na ilha Elbow, que integra as Ilhas Ábaco, no noroeste das Bahamas, um arquipélago formado por 700 ilhotas.

“Nunca vimos antes na história das Bahamas um furacão como esse”, disse Hubert Minnis, primeiro-ministro do arquipélago, que começou a chorar durante a entrevista coletiva. “Provavelmente, é o dia mais triste da minha vida”, acrescentou.

O NHC, com sede em Miami, informou que, ao tocar a terra, o Dorian igualou o recorde de furacão mais potente do Atlântico, datado de 1935. Seu diretor, Jen Graham, garantiu que se trata de “uma situação extremamente perigosa”. “As pessoas ainda estão traumatizadas pelo furacão Matthew (de 2016), mas este é ainda pior“, disse à Yasmin Rigby, moradora de Freeport, principal cidade da Grande Bahama.

Imagens publicadas nas redes sociais mostram um enorme rastro de destruição. Há relatos de inundações nas Ilhas Ábaco e meteorologistas do NHC alertaram para ondas de cinco a sete metros de altura e ventos de mais de 350 km/h.

Um vídeo publicado no site do jornal Tribune 242 mostra a água na altura dos telhados de casas de madeira, com barcos quebrados flutuando em uma água terrosa, cheia de tábuas, galhos e troncos de árvores, além de outros escombros.

Evacuação e estado de emergência

Na Grande Bahama, milhares de pessoas foram evacuadas para se afastar da rota do furacão, que deve chegar na ilha entre a noite de domingo e a madrugada de segunda. O furacão deve se aproximar da costa leste dos Estados Unidos na segunda-feira à noite e na terça-feira, mas é difícil prever com que intensidade atingirá a Flórida após a mudança de trajetória.

Em Washington, o Presidente Donald Trump se reuniu com os diretores de gestão de emergências e disse que “isso parece monstruoso”. “Esperamos que boa parte da costa leste receba o impacto ou parte do impacto de forma muito, muito severa”, disse o mandatário, que cancelou a viagem à Polônia no fim de semana para monitorar a situação.

Alertas de tempestade tropical foram acionados em partes da costa da Flórida, estado que emitiu suas primeiras ordens de evacuação obrigatória para Palm Beach e para o condado de Martin. O governador da Carolina do Sul, Henry McMaster, declarou emergência no estado. “A força e a imprevisibilidade da tempestade nos obriga a estar preparados para todos os cenários”, disse.

O estado de emergência já havia sido declarado na Flórida e em vários estados da Geórgia. A medida permite uma mobilização maior dos serviços públicos estaduais e recorrer, em caso de necessidade, à ajuda federal. Embora Miami pareça ter escapado da tempestade, os moradores continuavam cautelosos, e as autoridades ainda distribuem sacos de areia para controlar as inundações na cidade.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …