5 asteroides perigosos passaram perto da Terra neste domingo

NASA

Cinco asteroides potencialmente perigosos passaram neste domingo (29) perto da Terra. Eles têm entre 45 e 214 metros de diâmetro e se movem a uma velocidade de 5,7 a 16,7 quilômetros por segundo.

Depois de no dia 17 um asteroide gigante ter passado de surpresa entre a Lua e a Terra, desta vez, cinco asteroides potencialmente perigosos passaram perto do nosso planeta.

Segundo adiantou o Spaceweather.com, o mais próximo desses corpos celestes, com os nomes científicos de 2013 US3, 2018 GO4, 2018 GY1, 2018 FV4 e 2002 JR100, passou a 10.1 distâncias lunares, ou seja, 10 vezes a distância média da Terra à Lua.

Os cinco asteroides se movem a velocidades entre os 5,7 e os 16,7 quilômetros por segundo. Segundo a NASA, a passagem do primeiro asteroide aconteceu às 10h29 da manhã deste domingo, e o último passou às 21h15.

Segundo astrônomos citados pelo jornal Daily Star, a passagem destes cinco asteroides deve ser tomada como um aviso aos habitantes do planeta para que tomem medidas de precaução antes que o hipotético cenário do impacto de um corpo celeste na Terra torne-se realidade.

Os cientistas da organização norte-americana B612 Foundation, que se dedica à prevenção de um próximo forte impacto de um asteroide, salienta o jornal britânico, têm “100% de certeza” de que um dia rochas espaciais colidirão com a Terra.

Isso acontecerá porque, segundo diz o presidente da B612 Foundation, Danica Remy, os telescópios atualmente em uso só conseguem captar uma pequena parte dos  asteroides perigosos. “O ponto de observação é muito pequeno e o céu é muito grande.”

“Atualmente, podemos determinar com antecedência se um dos 18 mil asteroides que vigiamos vai nos atingir”, explica Remy. Mas, acrescenta, “há vários milhões de asteroides que não observamos”.

O Sistema Solar está povoado com milhões de asteroides, que normalmente são encontrados no cinturão de asteroides de Kuiper, entre Marte e Júpiter. “Temos 100% de certeza de que vamos ser atingidos, apenas não temos 100% de certeza quando“.

“Pode acontecer em qualquer lugar, na Austrália, no Japão ou em Ohio”, acrescenta Remy. “Precisamos de um mapa completo com a localização, características e rotas de todos estes asteroides, para que possamos nos defender. É um problema global“, conclui.

A maioria dos asteroides de grandes dimensões, como o asteroide que aniquilou os dinossauros, caiu na Terra há milhões de anos. O último grande asteroide a “visitar” o nosso planeta caiu em fevereiro de 2013, na cidade russa de Chelyabinsk.

Esse asteroide, com apenas 17 metros de diâmetro, atingiu inesperadamente a cidade russa, e se fragmentou liberando uma energia equivalente a 500 mil toneladas de TNT, ou seja, entre 27 e 41 vezes a bomba atômica de Hiroshima.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …

Empreendedor mineiro cria vassoura mágica que também é meio de transporte

A sensação de voar em uma vassoura mágica se tornou possível em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelas mãos do empreendedor Alexandre Russo, de 28 anos. Fundador da empresa Nuvem Vassouras, o mineiro criou a “Real Flying …

Bebês ingerem 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia, diz estudo

Um bebê de 12 meses ingere, em média, mais de 1,5 milhão de partículas de microplástico por dia que são liberadas da mamadeira, revelou um estudo divulgado nesta segunda-feira (19/10). O impacto destas micropartículas para …

Aumento na densidade do espaço fora do sistema solar é descoberto pela sonda espacial Voyager

Em novembro de 2018, após uma viagem épica de 41 anos, a Voyager 2 finalmente cruzou a fronteira que marcava o limite da influência do Sol e entrou no espaço interestelar. Mas a missão da …