Acabamos de ultrapassar o maior nível de CO2 na atmosfera em milhões de anos

O mundo acabou de passar por um novo marco climático. Cientistas previram que isso aconteceria este ano – e aconteceu. Na terça-feira, o Observatório Mauna Loa, no Havaí, registrou sua primeira leitura de dióxido de carbono em mais de 410 partes por milhão: 410,28 ppm (partes do gás por milhão de moléculas de ar).

Segundo informa a revista Scientific American, o dióxido de carbono não atingiu níveis tão altos em milhões de anos. Os números representam uma nova atmosfera com a qual a humanidade terá de lidar, uma que está prendendo mais calor e fazendo com que o clima mude em um ritmo acelerado.

No que se tornou uma tradição do outono, o dióxido de carbono vem estabelecendo um recorde anual nesta época todo ano desde que começaram as medições. Em 1958, quando os registros começaram a ser feitos em Mauna Loa, os níveis eram de 280 ppm. Em 2013, passou dos 400 ppm. Apenas quatro anos depois, a marca de 400 ppm não é mais uma novidade – é a norma.

“É muito deprimente que seja apenas alguns anos desde que o marco de 400 ppm foi derrubado”, declarou ao portal do centro de pesquisa Climate Central no mês passado Gavin Foster, um pesquisador paleoclimático da Universidade de Southampton.

“Esses marcos são apenas números, mas eles nos dão a oportunidade de fazer uma pausa, fazer um balanço e agir como réguas úteis para comparações com o registro geológico”, disse Foster.

El Niño e emissões humanas

No início deste ano, os cientistas do Met Office da U.K. emitiram sua primeira previsão em relação ao dióxido de carbono. Eles projetaram que o CO2 poderia chegar a 410 ppm em março e quase certamente chegaria a este nível em abril. Sua previsão foi confirmada com registro diário da última terça-feira, dia 18.

 

A animação acima, feita pela NASA, mostra como o dióxido de carbono se move ao redor do planeta e, de acordo com os cientistas, a projeção é que a média mensal de dióxido de carbo na atmosfera chegará a um pico próximo de 407 ppm em maio, estabelecendo um recorde mensal.

As concentrações de dióxido de carbono têm subido vertiginosamente nos últimos dois anos, devido em parte a fatores naturais como El Niño, fazendo com que uma quantidade maior do composto acabe na atmosfera.

Porém, o aumento é principalmente impulsionado pelas quantidades recordes de dióxido de carbono que os seres humanos estão criando através da queima de combustíveis fósseis.

“A taxa de aumento irá diminuir quando as emissões diminuírem”, afirma Pieter Tans, cientista atmosférico da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos, em entrevista à Scientific American.

“Mas o [nível de] dióxido de carbono ainda estará subindo, embora mais lentamente. Somente quando as emissões forem cortadas pela metade o nível de dióxido de carbono atmosférico vai parar de aumentar”, conclui.

Mesmo assim, ainda que as concentrações de dióxido de carbono parassem de aumentar, os impactos das mudanças climáticas se estenderão por séculos futuros. O planeta já aqueceu 1°C, incluindo uma constante de 627 meses consecutivos de calor acima do normal. O nível do mar já aumentou cerca de 30 centímetros e os oceanos se acidificaram. Além disso, o calor extremo tornou-se mais comum.

Todos esses impactos vão durar mais e se intensificar no futuro, mesmo se cortarmos as emissões de carbono. Mas nós temos uma escolha de definir o quão intenso eles serão baseada em quando nós vamos parar de poluir a atmosfera.

Atualmente, estamos nos encaminhando para que até a metade do século criemos um clima nunca visto em 50 milhões de anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …