Ação policial dispersa dependentes químicos em SP; Doria afirma ser o fim da Cracolândia

Marcelo Camargo / Agência Brasil

-

“Era perto de 6h, quando ouvi tiros, bombas, gritaria. A polícia entrou com tudo. Foi um pavor! Eu só fico me perguntando para onde vai esse povo todo? Será que não percebem que são doentes? Eu não tenho o que comer hoje. Ninguém comprou leite, pão, nada. Tá tudo fechado”.

Foi assim que a chilena Verônica Vega, que trabalha em um hotel na rua Barão de Piracicaba definiu a operação realizada pelo governo do Estado, em parceria com a prefeitura de São Paulo, na manhã deste domingo (21).

Mais de 500 homens da Polícia Civil, coordenados pelo GOE (Grupo de Operações Especiais), além de centenas de policiais militares com ampla ação do Choque e apoio da Guarda Civil Metropolitana trabalharam na ação que tinha como objetivo acabar com o chamado “fluxo”, localizado na rua Dino Bueno, onde o tráfico e uso de drogas acontece a qualquer hora do dia e da noite.

Segundo o delegado José Flamínio Ramos Martins, a operação é resultado de um trabalho de 8 meses de investigação. “Prendemos o líder do tráfico aqui da Cracolândia, que é do PCC e que estava em Caraguatatuba. Foram expedidos 69 mandados de prisão”, explico.

Ele afirmou ainda que acredita que agora o “fluxo” tem chances de acabar. Na região da Cracolândia, 28 pessoas foram presas, além de outras 10 em outras cidades do Estado.

Questionado sobre a data da operação, que coincide com a Virada Cultural, que traz shows e espetáculos diversos gratuitos para o paulistano e é organizada pela prefeitura, Flamínio negou qualquer intenção de atrapalhar o evento.

“A gente age no momento oportuno. Infelizmente, acabou calhando de ser na mesma data. Tudo que aconteceu aqui nessa manhã foi dentro da legalidade, com anuência do Ministério Público e Justiça, que expediu os mandados”, informou.

De acordo com o G1, pouco mais cedo, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou a ação e disse que a Cracolândia acabou. “A Cracolândia aqui acabou, não vai voltar mais. Nem a Prefeitura permitirá, nem o governo do Estado. Essa área será liberada de qualquer circunstância como essa. A partir de hoje, isso é passado. Vamos colocar câmeras de monitoramento”, disse.

A prefeitura de SP anunciou que fará, a partir de hoje, um grande trabalho de reorganização da região e dará atendimento ao usuário que desejar recebê-lo. No local onde antes funcionava o programa “De Braços Abertos”, da gestão Fernando Haddad (PT), foi montado um “QG emergencial” para atender quem quiser receber ajuda.

O governo disponibilizou mais de 3 mil vagas para internação voluntária além das mais de 400 vagas em albergues.

Ativistas ligados ao grupo “Craco Resiste” criticaram a ação da polícia, que impediu, por exemplo, que usuários pegassem seus documentos no fluxo, apesar de um acordo prévio feito junto ao vereador Eduardo suplicy (PT), que acompanhava a ação. Além disso, os ativistas disseram que a polícia atirou e jogou bombas dentro do fluxo sem antes negociar.

Ciberia // Brasil de Fato

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …