Adolescentes tailandeses estão bem de saúde; bombas falharam pouco depois do resgate

Rungroj Yongrit / EPA

As autoridades sanitárias tailandesas indicaram que, embora tenham perdido peso, os jovens resgatados de uma caverna no norte da Tailândia “estão bem de saúde”.

Para o inspetor de saúde pública Thongchai Lertwilairatanapong, os 12 adolescentes e o treinador “cuidaram bem de si mesmos”, durante os 18 dias em que estiveram presos na caverna.

O responsável indicou que o treinador e um dos últimos jovens a serem resgatados contraíram uma “leve infecção pulmonar”. Do primeiro grupo a ser resgatado, no domingo (8), dois apresentaram os mesmos sintomas, acrescentou.

Nesta terça-feira (10), no terceiro dia das operações de resgate na caverna, o salvamento dos 12 jovens e do treinador de futebol suscitou imediatas reações à escala mundial, com vários líderes internacionais a celebrarem o feito.

O grupo ficou preso numa caverna durante 18 dias, metade dos quais sem acesso a água potável e comida. Os 12 adolescentes, entre 11 e 16 anos, e o treinador, de 25, foram explorar a caverna depois de um jogo de futebol no dia 23 de junho.

Royal Thai Army

12 adolescentes ficaram presas numa caverna na Tailândia

Na altura, as inundações resultantes das monções bloquearam a saída e impediram que as equipes de resgate os encontrassem durante nove dias, uma vez que o acesso ao local só era possível via mergulho, através de túneis escuros e estreitos, cheios de água turva e correntes fortes.

Nas operações de socorro participaram 90 mergulhadores, 40 tailandeses e 50 estrangeiros.

O local onde os jovens ficaram presos estava localizado a cerca de quatro quilômetros da entrada da gruta, num complexo de túneis com zonas muito estreitas e alagadas pelas chuvas da monção que afetaram a zona, o que obrigou parte do percurso ter que ser feita debaixo d’água e sem visibilidade.

Um dos mergulhadores envolvido nas operações de resgate, antigo membro da marinha tailandesa morreu por falta de oxigênio, depois de ter entregado uma reserva de ar às crianças e ao treinador.

A operação teve outros percalços, entre eles quando um grupo de voluntários não registrados nas equipas de resgate se enganou e, em vez de retirar água da gruta, bombeou água para o seu interior.

Além disso, as bombas de extração montadas na gruta falharam pouco depois das operações de socorro, avança o The Guardian. O nível da água subiu rapidamente, obrigando a uma evacuação dos mergulhadores que ainda se encontravam no local.

O treinador Ekapol Chanthawong, de 25 anos, foi o último a ser retirado. O treinador “Ake”, como era conhecido, foi monge budista por uma década e, durante o tempo em que estiveram presos, ensinou a crianças a meditar, ajudando-as a se manterem calmas e a preservarem energia.

A história teve um final feliz e, de acordo com alguns veículos de comunicação, Hollywood já pensa em levar o episódio para a telona.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cinco meses de intervenção no Rio: chacinas aumentam e apreensão de arma diminui

O Observatório da Intervenção, do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes, divulgou nesta segunda-feira (16) um balanço dos cinco meses de intervenção federal no Rio de Janeiro. A conclusão? “Muito …

Feminicídio: funcionária do Ministério dos Direitos Humanos é assassinada

Uma funcionária terceirizada do Ministério dos Direitos Humanos foi assassinada neste sábado (14), em Santa Maria, região administrativa do Distrito Federal a cerca de 26 quilômetros do centro de Brasília. A 33ª Delegacia de Polícia …

Mergulhador manda Elon Musk enfiar submarino onde dói mais; empresário reage: "Pedófilo"

Elon Musk, o multimilionário da Tesla, se envolveu em uma troca de insultos no Twitter com um dos mergulhadores que participaram do resgate dos 12 adolescentes da Tailândia, chegando mesmo a chamá-lo de “pedófilo”. O CEO …

Brasil é ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

Um estudante brasileiro conquistou medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) em Cluj-Napoca, na Romênia. Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de 17 anos, é de São Paulo. Desde 2012 o Brasil não conseguia um …

Violência toma conta da festas na França: 2 pessoas morreram

Pelo menos duas pessoas morreram e cerca de 300 foram detidas na sequência dos episódios de violência registrados na França, neste domingo (15), nas festas pela vitória da seleção francesa na Copa do Mundo de …

Nova Constituição de Cuba reconhecerá propriedade privada

Esboço de reforma apresentado em diário do Partido Comunista acena com mudanças profundas na política, judiciário, economia e sociedade cubanas. Comissão encarregada é liderada por ex-presidente Raúl Castro. O governo de Cuba revelou novos detalhes sobre …

Naufrágio do século XVI é encontrado na Flórida, mas seu tesouro pertence à França

Um naufrágio do século XVI, sobrevivente de uma das primeiras viagens europeias à América, foi descoberto na costa da Florida. O achado guarda tesouros que valem milhões de dólares, mas uma juíza americana determinou que a …

NASA pode ter destruído as primeiras provas de vida em Marte

A NASA pode ter destruído provas da existência de vida em Marte nos anos 1970. O carbono esteve no solo marciano o tempo todo, mas, infelizmente, os Vikings podem ter incendiado tudo. Em 1976, a NASA …

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal (que queria ser bactéria) está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …