Família de Anne Frank pode ter sido traída por mulher judia

Ans van Dijk. Esse é o nome da possível informante do regime que traiu a família de Anne Frank, afirma o livro De achtertuin van het Achterhuis.

Um novo livro publicado na Holanda alega que a família Frank foi traída por uma mulher judia, Ans van Dijk, executada no final da Segunda Guerra Mundial pela sua colaboração com o regime nazista.

O livro, De achtertuin van het Achterhuis (O Quintal do Anexo Secreto, em tradução livre), escrito por Gerard Kremerm, informa o nome de Ans van Dijk como a informante do regime, tendo traído a família.

A informante, que confessou ter entregado 125 pessoas, já tinha sido referida em outras investigações, mas sem nunca existirem provas conclusivas sobre sua ligação com a família Frank.

O autor do livro, de 70 anos, reconta um episódio em que seu pai, membro da resistência holandesa, viu van Dijk conversando com oficiais nazistas em agosto de 1944 sobre uma casa no canal de Prinsengracht, na capital holandesa, Amsterdã.

A teoria é a mais recente em relação ao relato do informante que resultou na detenção das famílias residentes no anexo secreto em Prinsengracht.

Grande parte das teorias se baseia em uma presumida chamada telefônica recebida pelas SS (“Schutzstaffel” – tropa de proteção) em Amsterdã, no dia 4 de agosto de 1944, feita por uma pessoa que morreu em 1945 sem nunca ter sido questionada.

“Não acredito que conseguiremos descobrir uma resposta, mas as teorias continuam aparecendo a cada ano”, explicou o historiador holandês David Barnouw, um dos maiores peritos sobre a história de Anne Frank.

A mais recente investigação do próprio Museu Anne Frank, realizada por Gertjan Broek em 2016, estabelece a hipótese de que não existiu nenhuma traição, sendo que os serviços secretos alemães entraram na casa holandesa em 1944 no âmbito de uma investigação de um caso de fraude de cupõns de racionamento, deparando-se, durante o registro, com o anexo secreto onde viviam Fritz Pfeffer, e as famílias Frank e Van Pels.

Broek considera também não existirem provas conclusivas contra Ans van Dijk no caso de Anne Frank.

Atualmente, um ex-agente do FBI, Vice Pankoke, iniciou sua própria investigação do sucedido, a que se refere como caso arquivado, procurando cruzar todos os documentos disponíveis sobre o caso, desde registros de chamadas telefônicas a mandados de captura na área.

Já foi anunciado um acordo que visa a publicação de um livro em 13 línguas sobre a investigação realizada por Pankoke.

A adolescente e a família entraram na clandestinidade em julho de 1942 no apartamento secreto da empresa familiar, que chamaram de “anexo”, para escapar dos nazistas. A família ficou ali escondida durante dois anos, até agosto de 1944, quando foi descoberta e deportada.

Foi naquele apartamento que a adolescente escreveu seu diário, no qual retratava sua vida e a da família, bem como a de várias outras pessoas. É uma das obras mais lidas no mundo, já tendo vendido mais de 30 milhões de exemplares e traduzida para 67 idiomas.

Anne Frank morreu de febre tifoide no início de 1945 no campo de concentração de Bergen-Belsen, alguns dias após sua irmã. O pai, Otto, foi o único sobrevivente do anexo.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …