Descoberta ligação surpreendente a Anne Frank num campo de concentração

Arqueólogos que trabalhavam no campo de concentração nazi de Sobibor, na Polônia, desenterraram um pendente que será idêntico ao que pertencia a Anne Frank.

De acordo com informação divulgada em comunicado pelo Centro da Memória do Holocausto Yad Vashem, este pendente pertenceria a Karoline Cohn, uma menina judia de 14 anos que morreu no campo de Sobibor, e que, segundo acreditam os arqueólogos, pode ter tido ligação com Anne Frank.

Karoline e Anne nasceram em Frankfurt, em 1929, e os pesquisadores alegam que o pendente sugere “uma possível ligação familiar” entre elas, frisa o Centro Yad Vashem.

O pendente tem a inscrição “Mazal Tov” em hebreu de um lado, juntamente com a data de nascimento de Karoline, e do outro inclui as três Estrelas de David e a letra inicial da palavra Deus em hebreu, conforme divulga a mesma fonte.

Yoram Haimi / Israel Antiquities Authority

Pendente idêntico ao de Anne Frank encontrado no Campo Nazi de Sobibor, na Polônia

Pendente idêntico ao de Anne Frank encontrado no Campo Nazi de Sobibor, na Polônia

Segundo a BBC, os “historiadores só encontraram até agora provas de dois pendentes deste tipo”, notando que a única diferença entre os dois será a data de nascimento.

Os pesquisadores tentam agora estabelecer a eventual ligação entre as duas meninas judias, nomeadamente falando com familiares vivos das mesmas.

O pendente foi encontrado no local onde “as vítimas eram despidas e as suas cabeças raspadas, antes de serem enviadas para as câmaras de gás”.

Karoline Cohn terá sido uma das mais de 250 mil vítimas que morreram em Sobibor, campo construído pelos Nazis com o intuito expresso de exterminar judeus. O campo foi destruído em 1943, numa tentativa de esconder os crimes aí cometidos, tendo o regime nazi procedido à terraplanagem do espaço e à plantação de árvores sobre os destroços.

Contudo, os arqueólogos que trabalham no local há vários anos conseguiram desenterrar as fundações das câmaras de gás e a plataforma de comboios original.

“Estas descobertas em Sobibor constituem uma contribuição importante para a documentação do Holocausto e ajudam-nos a entender melhor o que aconteceu, tanto em termos do funcionamento do campo, como do ponto de vista das vítimas”, destaca Havi Dreifuss, do Instituto de Pesquisa sobre o Holocausto do Centro Yad Vashem.

Para o arqueólogo Yoram Haimi, que liderou as escavações em Sobibor, “a tocante história de Karoline Cohn é simbólica da fé partilhada dos Judeus assassinados nos campos”, segundo cita o Centro Yad Vashem. “É importante contar a história, para que nunca esqueçamos“, conclui Haimi.

Anne Frank morreu no campo de Bergen-Belsen, no norte da Alemanha, em 1945.

ZAP //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …