Arqueólogos encontram cervejaria com mais de 4.500 anos no Egito

Um grupo de arqueólogos descobriu duas casas antigas perto das pirâmides de Gizé, no Egito. As estruturas podem ter ser sido utilizadas para a produção de alimentos e cerveja há mais de 4.500 anos.

Sábios e pioneiros em tanta coisa, os antigos egípcios eram grandes engenheiros e sabiam o que era preciso para realizar suas impressionantes construções. Eles sabiam, inclusive, o que era necessário para manter bem e produtivos os milhares de trabalhadores que as colocavam de pé.

Para levantar as pirâmides, os trabalhadores precisavam também, além de alimentos e mantimentos em geral, de cerveja. Na construção da pirâmide de Miquerinos – uma das três pirâmides de Gizé em homenagem ao faraó Menkaure –, havia entre as instalações da obra uma fábrica de cerveja.

Entre a estruturas, que datam de 2490 a.C a 2472 a.C, foi descoberta uma instalação que funcionava como uma espécie de sede, onde sacerdotes e altos funcionários do governo coordenavam a fabricação de pães e cerveja, na mesma época da construção da pirâmide.

A descoberta foi confirmada através das ferramentas encontradas no local. As instalações fazem parte de um grande complexo que servia como um porto, localizado no rio Nilo, por onde chegavam os mantimentos.

Na segunda casa descoberta funcionava uma sala destinada especialmente para a contenção e o abate de animais. Para alimentar os trabalhadores e manter a monumental construção em funcionamento, era fundamental a existência de um porto.

A cerveja, no entanto, era fabricada no próprio local, sendo oferecida como parte fundamental do cardápio dos trabalhadores, na sua maioria escravos, que colocaram as pirâmides de pé.

“Porto nacional do seu tempo”

Ambas as construções estão localizadas no que Mark Lehner, diretor Associação de Pesquisa do Egito Antigo, acredita ser “basicamente o porto nacional do seu tempo“, onde mercadorias e materiais chegavam provenientes de todo o Egito e do leste do Mediterrâneo.

Segundo o arqueólogo, essas estruturas faziam parte das chamadas “galerias“, que podem ter alojado uma força paramilitar em Gizé. Lehner disse que estes espaços podiam abrigar cerca de mil pessoas e qualquer alimento, produzido perto das duas casas, era provavelmente destinado aos moradores das galerias. Podendo, no entanto, parte da comida ser também destinada aos trabalhadores.

Os arqueólogos já tinham encontrado outras residências perto desse porto, incluindo uma casa com 21 cômodos, que era utilizada por escribas que trabalhavam lá.

A Associação de Pesquisa do Egito Antigo liderou e coordenou as descobertas na área. As escavações serão retomadas novamente em 2019.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …

Debate nos EUA: Trump não disse nada de novo para reverter vantagem de Biden, diz historiador

O segundo e último debate entre o presidente americano, Donald Trump, e seu rival democrata Joe Biden, nesta quinta-feira (22), em Nashville, foi mais civilizado do que a primeira confrontação entre os dois candidatos …

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. Esse …

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …