Trump lança Comando Espacial dos EUA

Gage Skidmore / Flickr

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

SpaceCom terá função de assegurar a defesa dos EUA a partir do espaço, contrapondo-se às ameaças da China e Rússia, que, segundo o Pentágono, já investem na guerra espacial.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou nesta quinta-feira o novo Comando Espacial dos Estados Unidos, estabelecido pelo Pentágono para manter o domínio americano na última e definitiva fronteira militar. O SpaceCom cria no espaço um novo palco de combates, principalmente com a utilização de satélites e aeronaves de grande altitude.

Este é um dia marcante, em que reconhecemos a centralidade do espaço na defesa e segurança da América”, disse Trump em cerimônia na Casa Branca. O novo comando deverá “assegurar que a superioridade no espaço jamais seja questionada ou ameaçada”.

“Os perigos para o nosso país evoluem constantemente, e nós também devemos evoluir”, disse Trump. “Nossos adversários já armam a órbita terrestre com novas tecnologias que visam satélites americanos fundamentais tanto nas operações nos campos de batalha quanto em nosso modo de vida em casa.”

“Nossa liberdade de operar no espaço é também essencial para detectar e destruir qualquer míssil lançado contra os EUA“, acrescentou. A Força Aérea americana já realiza operações balísticas no espaço, que serão agora reforçadas pelo SpaceCom. O novo órgão de defesa promoverá sistemas especializados e treinamentos para futuros combates no espaço.

Chefes das Forças Armadas do país alertam que China e a Rússia representam ameaças crescentes ao domínio americano no espaço. O general da Força Aérea John Raymond, que vai coordenar o novo comando, disse antes da cerimônia na Casa Branca que as duas nações rivais já destinam grandes somas para suas operações espaciais, as quais, em caso de conflito, seriam capazes de comprometer a superioridade americana.

As agressões variam de interferências nas comunicações e em satélites de GPS até ataques de mísseis lançados a partir do solo para destruir satélites, como demonstrou a China em 2007.

“Estamos num ponto de inflexão estratégico em que não há nada que façamos como força conjunta de coalizão que não seja viabilizado a partir do espaço”, disse Raymond. “Estou convencido de que o espaço é um domínio de combates de guerra. Estou convencido de que nosso modo de vida e nosso modo de guerrear dependem das capacidades espaciais.”

Na verdade, Trump possuía ambições maiores em termos de guerra espacial. Em junho de 2018 ele ordenou a criação da Força Espacial (Space Force), que se tornaria um braço das Forças Armadas, assim como o Exército, Marinha, Guarda Costeira, os Marines e a Força Aérea.

Essa medida, muito mais complexa e custosa, necessitaria de aprovação no Congresso. Muitos no Pentágono se opõem à ideia, da qual Trump ainda não desistiu. “O Comando Espacial será seguido do estabelecimento da Força Espacial dos EUA como a sexta ramificação das Forças Armadas”, afirmou. “A Força Espacial vai organizar, treinar e equipar guerreiros para dar apoio à missão do SpaceCom.

O SpaceCom é o 11º comando estabelecido pelo Pentágono em dois anos. Em 2018, o governo lançou o CyberCom, para reconhecer as ameaças de ataques online e a necessidade de defesa nessa área.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mão robótica aprendeu sozinha como solucionar o cubo de Rubik

Provavelmente você já deve ter passado pelo desafio de deixar o cubo de Rubik, mais conhecido como cubo magico, com as cores das faces iguais. Saiba que uma mão robótica conseguiu resolver teste desafio sozinha. Provavelmente …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

O Palácio do Planalto decidiu deixar em suspenso a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, em meio a uma crise política …

Preso pai de família que vivia isolada na Holanda

Ex-membro de culto de 67 anos viveu quase uma década recluso, com os seis filhos, numa zona rural. Polícia suspeita privação de liberdade. Antes fora detido um austríaco, presumível locatário do sítio. Está detido o pai …

"É muito provável que haja verdadeiros análogos da Terra", afirma novo estudo

Um novo método de análise geoquímica de planetas distantes sugere que os muitos exoplanetas semelhantes à Terra podem existir fora do Sistema Solar, de acordo com pesquisa. Há um traço comum entre rochas de asteroides, ou …

Equipe 100% feminina vai para o espaço pela primeira vez na história da NASA

As astronautas norte-americanas Christina Koch e Jessica Meir deixaram juntas nesta sexta-feira (18) a Estação Espacial Internacional (ISS) para fazer um reparo de controladores de energia, marcando a primeira vez em seis décadas da história …

Tratamento para tuberculose é recorde, mas 3 milhões não têm acesso

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose bateu um recorde histórico em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, sete milhões de pessoas …

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …