Artista catarinense cria cerâmicas poéticas inspiradas no coração humano

O coração humano é responsável pela pequena circulação, quando o trajeto do sangue se restringe ao coração e aos pulmões, e também pela grande circulação, caso em que o sangue é bombeado para as células do nosso corpo para deixar o gás oxigênio e capturar o gás carbônico.

Isso a gente já sabe, aprendeu na escola desde cedo, e percebeu que as características desse músculo pouco se assemelha ao coração que casais apaixonados distribuem por aí ao seu amor.

O que a gente não sabe sobre o coração humano, ou o anatômico, é que ele também pode ser usado com maestria como tema na decoração. Parece chocante? Sem estética para enfeitar? Grosseiro demais? Não é bem isso que a artista visual Lena Muniz acredita.

A catarinense de Joinville que cresceu em Florianópolis consegue enxergar militância, política, poesia e feminismo no desenho. “Estava lendo alguns temas da contemporaneidade, coisas como identidade e afeto, e o órgão humano veio como outra fonte de inspiração. (…) O coração pode ser o oposto da misoginia, é amar as mulheres, aceitar e tomar conta”, explicou Lena, em entrevista ao FTC.

A inspiração apareceu em 2008, mas a artista já brincava com o desenho ao assinar seus trabalhos. Hoje os corações de Lena são produzidos à mão em cerâmica e decorados de maneiras diversas. Alguns lembram a azulejaria portuguesa, outros são costurados, sempre semelhantes ao órgão humano mesmo.

A inserção das peças na decoração e como acessório também varia. Dá pra usar de maneira simples como esculturas sobre livros na mesa de centro, ou como vasos, já que também se consegue acomodar plantinhas nas cerâmicas (neste último caso, existem peças próprias para isso).

Ao todo, são cinco modelos de coração anatômico disponíveis no ateliê de Lena Muniz. “Tenho ele inteiro, costurado, bordado, com espaço para air plant e como vaso”, explicou. Agora há também a versão miniatura, para ser usada como pingente.

“A gente tem que valorizar o racional, mas as emoções enriquecem nossa existência, aprender a lidar com elas também, como nos relacionamos com quem amamos, com quem concorda com a gente, com quem discorda. Precisamos do diálogo, do debate, mas também temos que saber a hora que é enfrentamento. Isso exige muito de nós, mulheres”, observou.

Lena Muniz também é ilustradora e designer gráfico. Já participou de algumas exposições coletivas e individuais entre 2012 e 2014, em Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Cursou especialização em Poéticas Visuais na Embap de Curitiba e ministra cursos e workshops de bordados confessionais.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Governo argentino é alvo de roubo de 10 anos de arquivos administrativos

O governo da Argentina foi alvo de um ataque por meio de um ransonware e está com cerca de 10 anos de dados públicos sequestrados desde do dia 25 de novembro. Em entrevista, a ministra da …

Lausanne, na Suíça, é a melhor cidade pequena do mundo

A cidade de Lausanne, na Suíça, foi considerada a melhor cidade pequena do mundo pela influente revista britânica “Monocle”. A publicação fez uma lista com as 25 melhores cidades pequenas do mundo, com população …

Esse organismo unicelular toma "decisões" complexas mesmo sem um cérebro

Um organismo unicelular de água fresca chamado Stentor roeseli demonstra comportamento inteligente. Ele foi descoberto em 1906, e quando estimulado no microscópio, essa criatura com formato de trompete conseguiu tomar decisões consideradas complexas para um …

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas. A Rússia está …

Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda

Olha só que iniciativa maravilhosa. Na Irlanda, o projeto ‘Secret Street Tours’ treina pessoas em situação de rua para usar seu conhecimento sobre a cidade para serem guias de turistas em tours pela cidade de …

Cientistas finalmente criam neurônios artificiais

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores da Universidade de Bath (Inglaterra) realizou um feito inédito: conseguiu reproduzir a atividade biológica de neurônios usando chips de silicone. E o que é ainda melhor: esses “neurônios artificias” requerem …

Huawei pode lançar novos smartphones no Brasil, afirma executivo

A Huawei oficializou, nesta quinta-feira, 5, uma plataforma de auxílio aos desenvolvedores para publicarem e divulgarem seus aplicativos para os dispositivos da companhia. Chamada Huawei Ability Gallery, trata-se de uma expansão do ecossistema da App Gallery, …

Metrô de Paris ficará em greve até segunda-feira contra reforma da Previdência

A greve dos metroviários de Paris contra o projeto de reforma da Previdência francesa foi prorrogada até segunda-feira (9). Nas assembleias-gerais realizadas pela categoria na manhã de quinta-feira (5), primeiro dia da paralisação, quase todos os …

"Operação Maleta Verde", o escândalo que atinge governo e oposição na Venezuela

Com semblante mais sério que de costume, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela pelos Estados Unidos, pelo parlamento da União Europeia e por vários países da América Latina, dirigiu-se a jornalistas reunidos em …

Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo. O sarampo causou …