Ativista negra Harriet Tubman será o novo rosto da nota de 20 dólares, afirma governo Biden

Marcos Santos / USP Imagens

A nota de dólar é seguramente um dos mais emblemáticos e representativos símbolos dos EUA e do próprio capitalismo, e por isso a medida anunciada pelo governo Biden de retomar o projeto de incluir o rosto da ativista negra e abolicionista Harriet Tubman na cédula de 20 dólares tornou-se bandeira importante da nova administração.

Apontando uma mudança expressiva em diversas frentes com relação à administração anterior, o atual governo anunciou que pretende iniciar esforços para acelerar o processo e enfim homenagear a ativista.

O plano de estampar a nota com o rosto de Tubman foi anunciado em 2016 ao fim da administração Obama, mas acabou abandonado pelo governo Trump – o ex-presidente chegou a afirmar considerar a homenagem um gesto “puramente politicamente correto”.

“É importante que o nosso dinheiro reflita a história e a diversidade do do nosso país e a imagem de Harriet Tubman enfeitando as novas notas de 20 dólares seguramente refletem isso”, afirmou Jen Psaki, atua secretária de imprensa da Casa Branca, em coletiva recente.

Tubman nasceu escravizada em 1822 no estado de Maryland, mas conseguiu escapar para se tornar uma das mais importantes ativistas e revolucionárias contra a escravidão no país – realizando 19 missões para libertar cerca de 300 pessoas, trabalhando ao lado de nomes como o abolicionista Frederick Douglass.

Durante a Guerra Civil, Tubman atuou como batedora armada e espiã para o exército da União até a abolição da escravatura no país, em 1865, e o fim do conflito. Quando morreu, aos 91 anos em 1913, ela estava, nos últimos anos de sua vida, trabalhando pela causa do sufrágio feminino.

A escolha por Tubman se deu em 2015, através de uma campanha intitulada “Women on 20s”, quando mais de 600 mil pessoas pediram que uma mulher passasse a estampar a nota de 20 dólares.

Caso a medida seja mesmo confirmada, a ativista será a primeira mulher negra a estampar uma cédula no país – entrando no lugar do ex-presidente Andrew Jackson, sétima pessoa eleita para o cargo no país, ocupando a cadeira entre 1829 e 1837.

Jackson é o rosto na cédula de 20 dólares desde 1928, mas hoje sua história é revista: além de ter sido escravocrata, Jackson assinou medidas que provocaram a morte de milhares de pessoas da comunidade nativa da época.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oxford testa ivermectina como possível tratamento contra covid-19

Universidade quer verificar se medicamento antiparasitário pode trazer benefícios a infectados pelo coronavírus e evitar hospitalizações. Remédio é defendido por Bolsonaro como parte do chamado tratamento precoce. A Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirmou nesta …

Aquecimento global fará milhões de vítimas, diz texto da ONU

Dezenas de milhões de pessoas deverão sofrer de fome, seca e doenças nas próximas décadas devido às mudanças climáticas, segundo rascunho de relatório de 4 mil páginas preparado por painel de especialistas. As mudanças climáticas irão …

Blocos flutuantes podem indicar que Vênus está geologicamente ativo

Uma equipe internacional de cientistas descobriu que a superfície de Vênus possui um manto gelatinoso, com pedaços sólidos de crosta flutuando e se movimentando como blocos de gelo. Para os especialistas, esta atividade fornece possíveis indicações …

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …