Bomba da Segunda Guerra Mundial é encontrada na central nuclear de Fukushima

Ministério da Administração Interna e Transportes do Japão / Wikimedia

Vista aérea da central nuclear de Fukushima

Uma suposta bomba da Segunda Guerra Mundial foi encontrada nesta quinta-feira (10) nas instalações da central nuclear de Fukushima, no Japão, informa a AFP, que cita um funcionário.

Supõe-se que o objeto, com 85 centímetros de comprimento, seja uma bomba lançada pelos EUA durante o conflito que acabou não explodindo.

De acordo com o porta-voz da empresa responsável pela central, Tokio Electric Power Co (TEPCO), a bomba foi descoberta por trabalhadores que estão construindo um parque de estacionamento próximo das instalações. De imediato, a TEPCO chamou a polícia ao local e os trabalhos na zona foram suspensos.

De acordo com a AFP, não houve impacto nas atuais operações de desmantelamento da central que, em 2011, sofreu um dos piores acidentes nucleares da História, depois de um poderoso terremoto seguido de uma enorme tsunami.

A agência de notícias japonesa Jiji Press explicou que, nestes casos, especialistas em destruição de bombas do exército japonês são chamados pelas autoridades ao local.

Mais de 70 anos depois da Segunda Guerra, que acabou em 1945, ainda hoje são encontrados no território japonês bombas e projéteis norte-americanos que não chegaram a explodir. Isto acontece, sobretudo, na ilha de Okinawa, onde aconteceu uma das batalhas mais sangrentas do conflito.

A localização da mais recente bomba pode ser explicada pelo fato de, na zona de Fukushima, existir na época um aeroporto militar japonês que foi alvo de bombardeios do exército americano.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …