Brasileiro prodígio de 7 anos é 1º lugar em concurso da Nasa

(dr) Margarida Barrera

João Paulo escreveu um livro infantil bilíngue (português-inglês) sobre exploração espacial

João Paulo escreveu um livro infantil bilíngue (português-inglês) sobre uma aventura espacial

Um brasileiro prodígio, de apenas 7 anos, completados hoje (31), ganhou um concurso da Nasa, agência espacial americana e é o novo orgulho do país.

No começo da semana, quando ainda tinha 6 anos, João Paulo Guerra Barrera, de São Paulo, venceu o concurso sobre colonização espacial, chamado Ames Space Settlement Contest, na categoria mérito literário.

O menino escritor foi o primeiro colocado entre mais de 6 mil estudantes do mundo inteiro, de até 18 anos. João Paulo Barrera está adiantado dois anos na escola. Ele cursa o terceiro ano do Fundamental.

Ele se viu em empate técnico com Nanitha Varma N., da Índia., que escreveu um poema chamado “My Quest” (Minha busca).

João escreveu um jogo de computador, Sonic World Space Settlement, baseado em um livro bilíngue português-inglês que ele mesmo escreveu no ano passado: No Mundo da Lua e dos Planetas/In the World of the Moon and the Planets.

No game, um trio de crianças se aventura pelo espaço construindo um foguete a partir de peças recicladas e explora os planetas do Sistema Solar. “Foi ele quem escreveu o livro, o jogo, e quem fez a programação sozinho”, conta Margarida Barrera, mãe do João Paulo.

Com o livro publicado, o menino já é o escritor brasileiro bilíngue mais jovem de que se tem notícia. “Eu me senti muito feliz e com vontade de passear no espaço com gravidade zero”, descreveu o jovem vencedor do concurso ao Mensageiro Sideral.

Os pais atribuem o sucesso à educação que estão dando ao filho. “Felicidade extrema em saber que estamos no caminho certo em oferecer para ele uma boa educação e incentivar o gosto pela leitura e pelos desafios, sempre lembrando que a melhor herança que podemos deixar para ele é a firmeza em aspirar triunfos e a capacidade de assimilar insucessos”, disse a mãe.

1º prêmio brasileiro

Desde 2011 o Brasil participa do concurso da Nasa – criado para estimular as próximas gerações de cientistas e engenheiros a imaginar o futuro humano no espaço. Mas prêmios mesmo, só faturamos agora em 2017, pela primeira vez. Além da grande conquista de João Paulo, outros quatro projetos brasileiros foram agraciados.

Uma equipe do Instituto Nossa Senhora da Piedade, no Rio de Janeiro, ganhou o terceiro prêmio voltado para alunos do terceiro ano do Ensino Médio.

Tivemos três menções honrosas, uma para Eduardo N., do Colégio Nossa Senhora de Sion, em São Paulo, outra para Isabela Moreira Leite Postelhone de Freitas, da Escola Estadual Prof. Amilcare Mattei, de Marília (SP), e uma terceira para o grupo composto por Ana Beatriz Martins Costa, Ingrid Laíse Magalhães de Oliveira, Kauan Araujo Barbosa e Luisa Stolemberger Rodrigues, alunos do quinto ano da Escola Municipal Antonio Pedro Ribeiro, em Mogi das Cruzes (SP).

Prêmios

O concurso de 2017 foi o mais competitivo de sua história, com cerca de 1.500 trabalhos submetidos.

O Brasil ficou em quarto lugar no “quadro de medalhas” entre os países participantes. Foram ao todo 211 premiações. Em primeiro lugar veio a Índia, com 138 delas, incluindo aí o Grande Prêmio. Em segundo lugar, a Romênia, que tem longa tradição de participação no concurso e ficou com 33 prêmios.

Os Estados Unidos, país-sede, ficaram com 16. E o Brasil, na quarta posição, com 5, à frente de Japão, China, Canadá e Rússia, países com grande tradição na área espacial.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA:

Segredos da supernova mais distante já detectada são revelados

Uma equipe internacional de astrônomos confirmou a descoberta da supernova mais distante já detectada – uma enorme explosão cósmica que ocorreu há 10,5 bilhões de anos, três-quartos da idade do próprio Universo. A estrela explosiva, de …

Ficar longe do Facebook aumenta bem estar e autoestima

Todos sabem que a chegada das mídias sociais mudou a forma de se relacionar no mundo. Com a popularização de ferramentas como o Twitter, Instagram e Facebook, as informações se descentralizaram e praticamente todo mundo …

Cientistas descobrem porque os incas tinham "crânios extraterrestres"

A aparência "extraterrestre" dos crânios dos incas, como no filme "Alien", tem suscitado o interesse dos cientistas desde há muito tempo. Investigadores estadunidenses parecem ter encontrado a resposta para este enigma. Muitos povos antigos tinham tradições …

Resultados da Lava Jato garantem bloqueio de US$ 44 milhões no exterior em 2018

O Ministério da Justiça (MJ) informou nesta sexta-feira (23) que, em 2018, as investigações da Operação Lava Jato levaram ao bloqueio de mais de US$ 44 milhões (R$ 142,61 milhões, ao câmbio do dia) no …

Avião hipersônico vai voar de Pequim a Nova York em apenas 2 horas

Os testes aerodinâmicos da versão modernizada da aeronave demonstraram resultados “surpreendentes”. Um grupo de cientistas chineses desenhou um avião ultrarrápido capaz de transportar dezenas de pessoas e toneladas de carga entre Pequim e Nova York em …

Lançamento de satélites da SpaceX é um sucesso

O projeto deverá contar com 12 mil satélites, ou seja, mais que o dobro de todos que já foram enviados ao espaço até então. A SpaceX, recentemente, adiou o lançamento dos satélites experimentais em função da …

Temer afirma que não é candidato à Presidência

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira que não será candidato à reeleição, e que o decreto para intervir na segurança pública do Rio de Janeiro não foi “jogada eleitoral”. Presidente nega intenções eleitorais na intervenção …

Juíza italiana revela violências de Robinho contra vítima de estupro

A vida de Robinho ganha contornos cada vez mais dramáticos. Condenado em novembro de 2017, acusado de estupro coletivo, o ex-atacante do Santos teve agora os detalhes do crime revelados por uma das juízas responsáveis …

Estudo comprova: antidepressivos são mais eficazes que o placebo

Um estudo recente liderado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, concluiu que os antidepressivos fazem efeito e que são efetivamente mais ativos do que o placebo na cura dos sintomas de depressão aguda nos …

Brasil quer acordo com a SpaceX para enviar missões ao espaço até 2021

De acordo com rumores recentes, o Brasil pode estar tentando conseguir uma parceria com a fabricante de aviões SpaceX com a finalidade lançar foguetes próprios ao espaço até o ano de 2021. Se o acordo for …