59% dos brasileiros pensam que país está na direção errada. Violência é maior preocupação

Os brasileiros estão mais pessimistas a respeito do futuro do país agora do que estavam logo depois do 1º turno das eleições de 2018, de acordo com uma pesquisa de opinião global do instituto Ipsos.

Na última edição da pesquisa, realizada entre o fim de abril e o começo de maio, 59% dos brasileiros disseram acreditar que o país está indo “no rumo errado”. Na edição anterior da pesquisa (março-abril), o número de pessimistas era um pouco menor: 55% pensavam dessa forma.

No geral, segundo a pesquisa, os brasileiros tiveram um pico de otimismo logo depois do 1º turno das eleições de 2018, em 7 de outubro: naquela época, o número de pessoas que acreditavam que o país estava na direção certa chegou a 50% – os outros 50% achavam que o país estava na direção errada.

A pesquisa do Ipsos é feita todos os meses em 28 países ao redor do mundo. A amostra total é de 19.529 pessoas, entrevistadas por meio da internet. No Brasil, a amostra é de pouco mais de mil indivíduos entre 16 e 64 anos, e a margem de erro é 3,1 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente da República no ano passado com 57,7 milhões de votos – e a mudança de governo contribuiu para amenizar o pessimismo dos brasileiros com o futuro.

Ao longo dos últimos anos, a pesquisa do Ipsos mostrou os brasileiros em um verdadeiro vale de pessimismo – no fim de 2018, éramos os mais insatisfeitos com o rumo do próprio país entre 24 nações pesquisadas.

Marcos Calliari, CEO da Ipsos para o Brasil, diz à BBC News Brasil que a empresa observou o mesmo padrão na última eleição presidencial nos Estados Unidos, em 2016. “A eleição, especialmente para presidente da República, costuma trazer esse momento de otimismo”, diz ele. “E ainda mais num caso tão extremo como o do Brasil, onde mais de 90% da população chegou a acreditar que o país estava indo na direção errada (em 2018)”, diz.

A pesquisa do Ipsos mostra ainda que os brasileiros não estão especialmente pessimistas quando comparados aos cidadãos dos outros países pesquisados. Na média global, 58% das pessoas acham que seus países estão indo na direção errada – um ponto a menos que o Brasil.

A nível global, os países mais otimistas são a China (91% acham que o país está indo na direção certa), a Arábia Saudita (82%), e a Índia (71%). Os três países têm em comum o forte crescimento econômico nos últimos anos – e o fato de dois deles, China e Arábia Saudita, serem considerados regimes autoritários.

Segundo Marcos Calliari, os altos índices de “otimismo” nesses países se explicam pelo bom desempenho econômico e também pelo fato de que, como os dois primeiros não contam uma imprensa independente do governo, os cidadãos muitas vezes acabam não tomando consciência dos problemas de suas sociedades.

Os países mais pessimistas, por outro lado, são a África do Sul (onde 82% dos cidadãos vê o país indo na direção errada), a França (80%) e a Grã Bretanha (79%).

Violência é a maior preocupação

A pesquisa Ipsos também pediu às pessoas que listassem suas três principais preocupações no momento. No Brasil, 47% responderam que a violência era o principal problema – seguido da qualidade do atendimento de saúde (46%) e o desemprego (39%).

A corrupção, que chegou a figurar como a principal preocupação dos brasileiros em 2016, perdeu relevância relativa – foi citada por 38% dos entrevistados, em 4º lugar.

Segundo Calliari, a corrupção estava mais presente na mente dos brasileiros no auge da operação Lava Jato, quando o tema estava frequentemente no noticiário. O número de pessoas preocupadas com a corrupção está em tendência de queda no país desde setembro de 2018. Na última edição da pesquisa Ipsos, 42% dos brasileiros se disseram preocupados com a corrupção.

Outra curiosidade: o Brasil é o país mais preocupado do mundo com a educação. Nada menos que 36% dos brasileiros citaram o tema entre suas preocupações.

A lista de coisas que realmente preocupam os brasileiros neste momento se encerra com o tema da pobreza e desigualdade social (28%).

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Haddad é condenado por falsidade ideológica eleitoral em campanha de 2012

A Justiça Eleitoral condenou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad a quatro anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto por crime de suposta falsidade ideológica na campanha de 2012. No pleito de 2012, …

Primeiro-ministro renuncia e coloca fim a governo na Itália

Em discurso no Senado, Giuseppe Conte anuncia que vai deixar o cargo e acusa seu vice, Matteo Salvini, por crise na coalizão de governo. Presidente deve decidir sobre convocação de novas eleições. O primeiro-ministro italiano, Giuseppe …

Governo de Hong Kong espera "volta à calma" sem ceder a demandas de manifestantes

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse esperar que "uma volta à calma" esteja a caminho no território, depois que a grande manifestação do último domingo (18) acabou sem violência. Depois de …

Cientista americana diz ter certeza que a Terra será atingida por um asteroide

Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após a quase colisão da …

Justiça de El Salvador absolve acusada de homicídio por suspeita de aborto

Promotoria pedia pena de 40 anos de prisão para vítima de estupro que dizia não saber da gravidez até o momento do parto. País da América Central possui uma das legislações mais rigorosas do mundo …

EUA testam míssil após deixarem tratado nuclear

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira (19/08) que realizaram um teste com um míssil de cruzeiro. Esse é o primeiro teste feito pelo país desde que deixou oficialmente o Tratado de Forças Nucleares de Alcance …

Astrônomos descobrem 39 galáxias antigas movendo-se tão rápido que nem mesmo o Hubble consegue vê-las

Astrônomos da Universidade de Tóquio (Japão) conseguiram detectar 39 galáxias muito antigas, do início do nosso universo, utilizando dados do espectro infravermelho de telescópios submilimétricos. A luz destas estrelas viajou nada menos que 11 bilhões de …

Trump confirma ter interesse em comprar Groenlândia

O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou em entrevista com jornalistas que tem interesse na compra da Groenlândia. O cientista político Vladimir Shapovalov comenta a declaração do líder norte-americano em entrevista ao serviço russo da …

Brexit sem acordo: tempos duros para britânicos, confirma relatório vazado

Segundo documento do governo vazado para imprensa, Reino Unido estará sujeito a meses de caos de transportes e carência de artigos básicos, caso se separe da UE sem um acordo de transição, como propõe o …

Pesquisadores criam adesivos corporais que verificam a saúde

A universidade de Stanford anunciou um novo experimento: adesivos corporais que leem informações a respeito da saúde da pessoa. Basicamente, os adesivos captam os sinais fisiológicos que emanam da pele, e então transmitem essas leituras de …