Caminhão invade ciclovia em Nova York e mata 8 pessoas; Trump pede “verificação extrema” na entrada de estrangeiros

Pelo menos 8 pessoas morreram atropeladas nesta terça-feira na ilha de Manhattan, em Nova York, após uma caminhonete invadir uma ciclovia.

O Departamento de Polícia da cidade (NYPD) informou que, segundo dados provisórios, o motorista, após o atropelamento, saiu do veículo segurando algo que parecia uma imitação de arma de fogo. O suspeito recebeu disparos de policiais e foi detido.

Autoridades de Nova York classificaram o atropelamento ocorrido nesta terça-feira no sudeste da ilha de Manhattan como um “covarde ato de terrorismo” e informaram que oito vítimas morreram e várias ficaram feridas.

A caminhonete, que tinha sido alugada na Flórida, atingiu várias pessoas, causando 8 mortos e vários feridos. O condutor abandonou depois a viatura e iniciou uma fuga com duas armas de paintball nas mãos.

Segundo algumas testemunhas citadas pela ABC News, o autor do atentado foi ouvido a gritar “Allahu Akbar“, “Deus é Grande” em árabe.

O homem, de 29 anos, natural do Uzbequistão e residente em Tampa, na Flórida, foi atingido pelas autoridades e acabou por ser detido, com a ocorrência a ser investigada como um possível caso de terrorismo.

O autor do atentado, que vive nos Estados Unidos há 10 anos, está recebendo tratamento cirúrgico num unidade hospitalar local. Foi identificado como Sayfullo Saipov.

(dr) ABC News

Sayfullo Saipov, identificado como autor do atentado em Nova Iorque

O prefeito Bill de Blasio, o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, e o chefe da polícia estadual, James O’Neill, concederam uma entrevista coletiva para dar as primeiras informações oficiais sobre o caso.

Segundo Cuomo, o atentado foi cometido por uma só pessoa, de acordo com os dados já obtidos na investigação. Ele também afirmou que não há outras ameaças à cidade relacionadas a este atentado no momento.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou de “doente e perturbado” o autor do atropelamento e afirmou que esse tipo de ataque não deve mais ocorrer no país.

“Em NYC, parece que houve outro ataque de uma pessoa muito doente e perturbada. As agências de segurança estão acompanhando isso de perto. Não nos Estados Unidos!”, disse Trump no Twitter.

“Não podemos deixar o Estado Islâmico entrar em nosso país depois de os derrotarmos no Médio Oriente. Chega!”, acrescenta o presidente norte-americano em outro post.

Pouco antes, a Casa Branca disse que o chefe de gabinete de Trump, John Kelly, tinha informado ao presidente sobre o ataque e que continuaria a fazê-lo ” à medida em que mais detalhes apareçam”.

“Nossos pensamentos e orações estão com todas as pessoas afetadas”, disse em breve comunicado a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders.

Em outra nota, o Departamento de Segurança Nacional classificou o ataque como um “aparente ato de terrorismo” e disse que o FBI e o Departamento de Polícia de Nova York investigam o caso. Em entrevista coletiva, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, definiu o atropelamento como um “covarde ato de terrorismo“.

Segundo o governador de Nova York, Andrew Cuomo, o atentado foi cometido por uma só pessoa, de acordo com os primeiros dados da investigação, e não há ameaças adicionais à cidade relacionadas a este crime.

“Verificação extrema” da entrada de estrangeiros

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse no Twitter que determinou ao Departamento de Segurança Interna que intensifique seu “programa extremo de verificação”.

“Eu acabei de ordenar que o Departamento de Segurança Interna intensifique nosso já extremo programa de verificação. Ser politicamente correto é bom, mas não para isso”, disse Trump..

Durante sua campanha à Presidência dos EUA em 2016, Trump prometeu reduzir a imigração ilegal por razões de segurança, e pediu uma “verificação extrema” de estrangeiros que entram nos Estados Unidos.

Macri pede união contra terrorismo

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, pediu nesta quarta-feira (1) que todos se comprometam a lutar contra o terrorismo, após o ataque em Nova York que deixou cinco argentinos mortos. “Todos temos que estar comprometidos dos pés à cabeça com a luta contra o terrorismo”, afirmou Macri, durante evento em Buenos Aires.

Ciberia // EFE / ZAP / Agência Brasil

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Por que cientistas estão determinados a provar que Einstein estava errado

Ano entra, ano sai, e tanto a lei dos corpos em queda de Galileu Galilei quanto a teoria da relatividade de Albert Einstein são testadas novamente apenas para os pesquisadores confirmarem pela enésima vez que …

Bolsonaro faz apologia à ignorância, afirmam historiadoras no jornal Le Monde

  O jornal Le Monde que chegou às bancas na tarde desta segunda-feira (27) traz um texto de meia página criticando a política cultural em vigor atualmente Brasil. Assinado por duas historiadoras francesas e uma brasileira, …

OMS considera elevado risco global de coronavírus

A Organização Mundial da Saúde admitiu nesta segunda-feira (27/01) um erro na avaliação de risco global do novo coronavírus, que surgiu na China, e disse que o nível correto é elevado. Anteriormente, ele havia sido …

Quem é Vanessa Nakate, ativista negra cortada de foto com Greta em Davos

O tema era o meio-ambiente, mas o debate sofre o futuro da humanidade ganhou outros vultos quando a jovem ativista climática de Uganda, Vanessa Nakate, descobriu que havia sido cortada pela agência de notícias Associated …

Sobreviventes retornam a Auschwitz nos 75 anos da libertação

Autoridades de 50 países participam da solenidade no antigo campo de concentração na Polônia, em meio a temores pelo aumento do antissemitismo. "Precisamos tomar cuidado para que não volte a acontecer", diz sobrevivente. Mais de 200 …

Por que cientistas querem tanto provar que Einstein e Galileu estavam errados

Ano entra, ano sai, e tanto a lei dos corpos em queda de Galileu Galilei quanto a teoria da relatividade de Albert Einstein são testadas novamente apenas para os pesquisadores confirmarem pela enésima vez que …

Morreu Kobe Bryant, um dos maiores astros da NBA

Neste domingo (26), o astro do basquete norte-americano, Kobe Bryant, faleceu em acidente de helicóptero, na cidade de Los Angeles, nos EUA. Autoridades e testemunhas levantam as primeiras hipóteses sobre a causa da queda. O lendário …

Coronavírus terá impacto no PIB chinês e na economia global

A nova epidemia de coronavírus é um balde de água fria na cabeça do mundo. A começar pelos chineses. Em 2003, o último vírus mortal se propagando pelo mundo inteiro – o SARS – …

Abelhas adoram cannabis e este caso de amor pode ajudar a salvar a espécie

Consideradas os seres vivos mais importantes do planeta, as abelhas são animais insubstituíveis, dos quais dependemos para viver. No entanto, nas últimas décadas, devido ao aquecimento global e o uso execessivo de pesticidas, elas estão …

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …