Estado Islâmico ameaça atacar Nova York após decisão de Trump sobre Jerusalém

(dr)

“Esperem por nós em Manhattan”

O Daesh ameaçou atacar os Estados Unidos em retaliação pela decisão do presidente Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, de acordo com uma das contas das redes sociais do grupo terrorista.

A mensagem foi transmitida em uma conta no serviço de mensagens instantâneas Telegram. Nessa mensagem, o Daesh disse que iria realizar operações nos EUA, mostrando fotos da Times Square de Nova York e o que parecia ser um cinturão com explosivos e um detonador.

Chamando o presidente Donald Trump de “cachorro”, a mensagem prometeu resposta a essa decisão, dizendo que irá “reconhecer explosivos como a capital dos EUA“, informou a agência Reuters.

Trump anunciou o reconhecimento formal da cidade antiga como a capital do Estado judeu na semana passada. “Eu determinei que é hora de reconhecer oficialmente Jerusalém como a capital de Israel. Presidentes anteriores fizeram desta uma grande promessa de campanha, eles não conseguiram entregar. Hoje, eu entrego”, disse ele.

O movimento provocou raiva no mundo muçulmano, juntamente com críticas da maioria dos Estados da União Europeia, Rússia e China.

Na quarta-feira, o Hamas renovou o seu apelo a uma nova insurreição. “O movimento do Hamas convidou o povo palestino a encarar a ocupação israelense e adotar a opção abençoada da Intifada contra ela e contra a decisão americana sobre Jerusalém”, o porta-voz do Hamas Abdullatif Al Qanoua disse à RT.

Enquanto isso, o ministro da Defesa do Irã disse que a decisão de Trump aceleraria a destruição do arquirrival do governo de Teerã.

“Donald Trump vai acelerar a destruição do regime sionista de Israel e duplicará a unidade entre os muçulmanos”, disse o general de brigada Hatami em uma reunião de altos funcionários militares na segunda-feira, como citado por vários meios de comunicação iranianos.

Os protestos do “Dia da Ira” foram chamados na Cisjordânia, Gaza e Jerusalém após o anúncio de Trump, levando a centenas de feridos. Outros protestaram em capitais asiáticas e na Europa, com bandeiras israelitas tendo sido queimadas em Berlim.

Em uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU após a decisão, o embaixador britânico Matthew Rycroft disse que o Reino Unido “não concorda” com a decisão de Trump, enquanto a França disse que “lamenta” o movimento.

A chanceler alemã, Angela Merkel, também sublinhou que Berlim “não apoia” a decisão de Trump, enquanto a chefe da política externa da UE, Federica Mogherini, disse que a União Europeia continuará a reconhecer o “consenso internacional” sobre Jerusalém.

No entanto, os EUA continuam firmes, com a enviada dos EUA à ONU, Nikki Haley, afirmando no domingo que “o céu não caiu” na sequência da decisão de Trump. Ela insistiu que o movimento era a “coisa certa a fazer” e que é “apenas a realidade” que Jerusalém é indiscutivelmente a capital de Israel.

Haley também afirmou durante a reunião de emergência que apenas os Estados Unidos — e não as outras 14 nações que compõem o conselho — têm credibilidade quando se trata de mediar o conflito palestino-israelense.

DEIXE UMA RESPOSTA:

Micro-ondas são tão nocivos para o meio ambiente quanto os carros

O uso de micro-ondas só na União Europeia emite tanto dióxido de carbono como quase sete milhões de automóveis, segundo um estudo exaustivo sobre seu impacto ambiental, considerando o ciclo de vida completo do aparelho. Cientistas …

Afinal, somos adolescentes até os 24 anos

O início da vida adulta acontece cada vez mais tarde. Esta é a conclusão de um estudo recente que identifica a idade mais avançada com que os adolescentes se casam ou têm filhos como um dos …

Sushi e peixe cru podem provocar “anisakiasis”

As infecções por parasitas intestinais estão aumentando com a popularidade do sushi e os riscos do consumo de peixe cru ficaram novamente ilustrados com um caso insólito. O caso foi relatado pelo médico norte-americano Kenny Banh no …

Segundo o governo, deficit da Previdência equivale a 2,8% do PIB

O deficit previdenciário foi de R$ 182,45 bilhões em 2017. O rombo equivale a 2,8% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas pelo país), o recorde registrado até o momento. Os cálculos divulgados …

Casa dos Horrores: pai de crianças encontradas acorrentadas já tinha raptado a companheira

O mundo ainda está em choque com a descoberta macabra feita pela polícia da Califórnia na semana passada. Mas o horror vem de antes. O casal David e Louise Turpin é suspeito de manter os 13 …

Polícia apura se motorista que invadiu calçadão cometeu falsidade ideológica

Um novo processo de investigação foi aberto pela Polícia Civil do Rio de Janeiro para apurar se o motorista Antônio de Almeida Anaquim cometeu crime de falsidade ideológica ao omitir informações ao Departamento de Trânsito …

Aumento de bilionários em 2017 poderia acabar com a extrema pobreza por 7 vezes

De toda a riqueza gerada no mundo em 2017, 82% ficaram concentrados nas mãos dos que estão na faixa de 1% mais rica, enquanto a metade mais pobre – o equivalente a 3,7 bilhões de …

230 mini-sismos levantam receios de mega-terremoto nos EUA

Uma “onda” de mini-tremores de terra sacudiu a semana passada no estado norte-americano de Nevada, criando receios de que um grande terremoto esteja prestes a acontecer. Segundo nota o jornal local Reno Gazette Journal, há registro …

Juíza perdoa dívida de R$ 48 mil de pai que largou tudo para cuidar de filho no Paraná

Enquanto milhares de homens abandonam seus filhos deixando toda responsabilidade por conta das mães, em Curitiba, Adolfo Guidi é um verdadeiro exemplo de pai. Tanto que, percebendo isso, uma juíza decidiu até mesmo ajudá-lo em …

Os 5 mais ricos do Brasil concentram a mesma riqueza que metade da população

As cinco pessoas mais ricas do Brasil têm um patrimônio equivalente a metade da população brasileira, informou nesta segunda-feira (22) a organização não-governamental (ONG) Oxfam, salientando que a riqueza dos milionários nacionais cresceu 13% em …