Camiseta de Priyanka Chopra em capa de revista causa polêmica

(dr) Condé Nast

Priyanka Chopra na capa da edição indiana da revista Traveller

Priyanka Chopra na capa da edição indiana da revista Traveller

A ex-Miss Mundo Priyanka Chopra teve uma reviravolta em sua vida quando passou de atriz de Bollywood para a protagonista de ‘Quântico’, uma das séries americanas de maior sucesso do momento. No entanto, as notícias recentes que envolvem seu nome não têm absolutamente nada a ver com sua carreira de sucesso.

A atriz indiana Priyanka Chopra, que atualmente vive nos Estados Unidos, vem sendo o centro de uma polêmica por estrelar a capa da última edição da revista Traveller, da Condé Nast, usando uma camiseta controversa. A peça mostra as palavras ‘refugiado’, ‘imigrante’ e ‘forasteiro’ riscadas, e dá destaque para a palavra ‘viajante’.

A imagem causou revolta nas redes sociais e a atriz foi acusada de insensibilidade à situação dos refugiados e de insultá-los. Além disso, os internautas ainda chamaram atenção para o fato de que ser um refugiado não é uma questão de opção.

A publicação pediu desculpas e, através da BBC, afirmou que sua intenção era ‘destacar os rótulos muitas vezes colocados sobre as pessoas’. A atriz também tentou se retratar e, em entrevista a um canal de televisão da Índia declarou que a ideia da camiseta surgiu da revista, que produziu a peça especialmente para a ocasião

Eles me imploraram para vesti-la. Disseram que estavam abordando a xenofobia que é um grande problema que está acontecendo”.

E continuou – “Eu acho que comprei a ideia. Eu realmente sinto muito sobre os sentimentos que feri. Sempre me posicionei contra os rótulos. Estou muito chateada e me sinto terrível, mas a mensagem foi mal interpretada“, declarou.

Por mais que a intenção da revista possa ter sido boa, dar a entender que ser refugiado é uma questão de escolha – e que eles são na verdade meros ‘viajantes’, como se estivessem fazendo turismo – soa como glamourização da terrível crise humanitária que está acontecendo atualmente no mundo.

Em seu website, a Conde Nast publicou um comunicado respondendo às críticas e explicando a intenção da mensagem.

É sobre rotular imigrantes, refugiados ou forasteiros criando uma cultura de xenofobia. É sobre como estarmos permitindo que alguns líderes poderosos construam barreiras que tornam ainda mais difícil que pessoas brilhantes, motivadas e trabalhadoras vejam mais do mundo, aprendam com ele e o tornem melhor para todos nós”.

De um lado, a insensibilidade à situação dos refugiados. Do outro, a liberdade criativa e de expressão. Onde fica o bom senso?

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …