Carne feita em laboratório poderá estar no mercado brevemente

(dr) Maastricht University

-

O conceito de carne cultivada em laboratório não é novo, e várias empresas estão querendo aperfeiçoar o processo.

A Memphis Meats está desenvolvendo uma forma de criar carne sem abate de animais. Já a Tyson Foods lançou um fundo de capital de risco para investir nesta área, e a Mosa Meat espera servir o primeiro hambúrguer feito em laboratório em apenas cinco anos.

Mas o desafio não está necessariamente em criar a melhor alternativa em sabor e aparência – mas sim em reduzir o custo de produção para que os consumidores vejam isso como uma alternativa viável à carne tradicional. E, se as coisas continuarem evoluindo como estão, isso está prestes a acontecer

Em 2013, fazer um hambúrguer in vitro de cerca de 140 gramas, construído a partir de pedaços de tecido muscular de carne cultivados em um laboratório custava cerca de 325 mil dólares.

Agora, com os avanços na indústria constantemente levando este campo para a frente, o preço foi reduzido para apenas 11,36 dólares – 30 mil vezes menos do que quando foi feito pela primeira vez.

Isso faz com que a carne cultivada em laboratório seja apenas três ou quatro vezes mais cara do que a carne moída tradicional. Se a maior barreira para colocá-la no mercado é o custo, parece que estamos chegando lá.

Considerando o ambiente de crescimento ideal, as células estaminais podem produzir muito. Uma única célula de peru poderia, teoricamente, ser usada para produzir músculos suficientes para fabricar 20 trilhões de nuggets de peru.

Dada a crescente demanda de alimentos em todo o mundo, algo assim tem o potencial de revolucionar o sistema alimentar industrial.

A mudança também traria grandes benefícios ambientais. Hoje, o objetivo do sistema alimentar industrial é atender a crescente demanda de alimentos, criando gado em uma pequena quantidade de terra e produzindo a um preço muito acessível.

Isso levou à produção em massa de fazendas de gado que emitem grandes quantidades de gases de efeito estufa. O alimento feito em laboratório poderia reduzir isso em 90% e reduzir o uso da terra em 99%.

Com estes benefícios, agora só precisamos torná-la economicamente viável e convencer as pessoas a darem uma chance para hambúrgueres cultivados em laboratório.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …