Justiça espanhola suspende declaração de independência da Catalunha

calbenido / Flickr

Bandeira da Catalunha

O Tribunal Constitucional da Espanha suspendeu nesta terça-feira (31) a declaração de independência da Catalunha aprovada na sexta-feira passada pelo parlamento da região.

O tribunal decidiu suspender essa iniciativa ao aceitar para trâmite um pedido do Executivo espanhol, que adverte para os “evidentes efeitos jurídicos e vinculativos” dessa declaração de independência. A corte terá agora um prazo máximo de cinco meses para ratificar ou anular a suspensão.

Além disso, o tribunal alertou à presidente do parlamento catalão, Carme Forcadell, e aos demais integrantes da mesa (o órgão de direção da câmara regional) que podem incorrer em responsabilidades penais se não acatarem a suspensão.

Em particular, foram advertidos que devem abster-se “de iniciar, tramitar, informar ou ditar, no âmbito das suas respectivas competências, acordo ou atuação que permita outorgar qualquer valor jurídico à declaração de independência”.

Essa mesa permitiu que o parlamento regional debatesse e votasse na sexta-feira passada diferentes resoluções para declarar um “Estado independente em forma de república” e iniciar um processo constituinte na Catalunha.

O Executivo espanhol reivindicou então ao tribunal que as anulasse urgentemente por considerar que “são capazes de produzir efeitos jurídicos próprios e não meramente políticos”, no que enxerga como o “atentado mais grave contra a ordem constitucional”.

O governo argumenta que o parlamento catalão “se arroga um poder” – proclamar uma república em nome do povo catalão – do qual “indubitavelmente carece”.

Por sua vez, o Tribunal Supremo espanhol decidiu investigar Forcadell e o resto da mesa, após serem acusados pela Procuradoria Geral de rebelião, insurreição e desvio de fundos públicos em relação com o processo independentista.

Na sexta-feira passada, o chefe do Executivo espanhol, Mariano Rajoy, ordenou a destituição do presidente independentista catalão, Carles Puigdemont, e toda sua equipe de governo, dissolveu o parlamento regional e convocou eleições autônomas para o dia 21 de dezembro.

A decisão recebeu autorização do Senado logo depois que o parlamento catalão decidiu declarar a independência.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários …

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …