Celulares da Huawei ficarão sem Facebook, WhatsApp e Instagram

Facebook proibiu a instalação preliminar de seus aplicativos em smartphones do gigante tecnológico chinês, que luta para manter seu negócio à tona diante da proibição dos EUA de comprar peças e software americanos.

Segundo informa a agência Reuters, a interdição só vai abranger os novos celulares da companhia. Os usuários dos celulares que já estão em funcionamento não terão esse problema. Se agora eles não têm esses aplicativos, podem baixá-los do Google Playstore.

A agência não informa sobre a data de entrada em vigor das interdições do Facebook. Os representantes da Huawei não comentaram a situação.

Google, Intel, Broadcom e outros grandes fabricantes anunciaram a cessação da colaboração com o gigante chinês depois de os EUA o colocarem na lista negra que não lhe permite adquirir componentes e tecnologias de produtores americanos.

Segundo declarou o especialista em questões jurídicas da companhia, Song Liuping, a utilização de todos os instrumentos possíveis e do poder do Estado para reprimir a Huawei significa que o mesmo pode acontecer com qualquer ramo da economia e com qualquer empresa.

Google teria avisado EUA sobre riscos de vetar Huawei

A Google argumenta que uma versão modificada do Android pela Huawei seria mais vulnerável aos ataques de hackers. A empresa alertou a administração de Trump de que a proibição sobre a Huawei coloca a segurança nacional dos EUA em risco, já que essa decisão fará com que a empresa chinesa crie um sistema operacional inseguro, informa o Financial Times.

Recentemente, diversas empresas como Google, Intel, Broadcom, Qualcomm, ARM, entre outras, suspenderam suas atividades comerciais com a empresa chinesa, seguindo ordens do Departamento de Comércio dos EUA.

Entretanto, foi informado que atualmente os executivos da Google estão pressionando os funcionários norte-americanos para desfazerem a proibição ou para que seja emitida uma nova licença temporária para a empresa chinesa.

Por sua vez, o presidente da Huawei, Richard Yu, afirmou que a empresa chinesa conta com um “plano B”, caso não possa utilizar os sistemas operacionais norte-americanos. Com isso, a empresa estaria planejando colocar em funcionamento o sistema Hongmeng, que é um sistema operacional próprio da empresa chinesa, para substituir o Android da Google.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Netflix vai permitir reprodução de filmes e séries parcialmente baixados

Já faz um bom tempo que a Netflix liberou a função de baixar filmes e séries para ver offline e, agora, parece que a empresa trabalha em uma maneira de liberar a reprodução antes mesmo …

China revela 1ª apresentadora virtual desenvolvida por inteligência artificial e tecnologia 3D

Apresentada recentemente pela agência estatal chinesa Xinhua, a primeira apresentadora digital, feita com tecnologia 3D e inteligência artificial do mundo já está trabalhando. Batizada de Xin Xiaowei, a âncora humanoide replica à perfeição a aparência, feições, …

Esta massiva galáxia antiga não deveria existir, de acordo com astrônomos

Uma galáxia massiva similar à Via Láctea desafia a compreensão da formação de galáxias por astrofísicos. Estudo publicado na Nature revela que o sistema surgiu 1,5 bilhões de anos após o Big Bang, sendo o …

Pela 1ª vez, Twitter alerta para fake news em posts de Trump

Rede social marcou dois tuítes do presidente americano com sugestão para que usuários chequem os fatos, apontando que alegações "não têm fundamento". Em reação, Trump acusou plataforma de interferir em eleições. A rede social Twitter colocou, …

Arqueólogos creem ter solucionado mistério de pinturas rupestres aborígenes

Equipe de arqueólogos australianos descobriu raros exemplares de arte rupestre detalhada e em pequena escala com recurso a estênceis, em um abrigo rochoso do povo aborígene Marra. O achado teve lugar em uma caverna que servia …

Costa Rica realiza primeiro casamento homoafetivo da América Central e celebra avanço social

Duas mulheres se casaram na manhã desta terça-feira na Costa Rica, que se tornou o primeiro país da América Central a legalizar o casamento entre pessoas homoafetivas. A pandemia de coronavírus restringiu as comemorações. …

Novo coronavírus não se propaga facilmente pelo contato com superfícies e objetos

Nós sabíamos que o novo coronavírus poderia sobreviver em superfícies por determinados períodos de tempo, e que há detergentes especiais para o manterem longe, mas essa não era a principal forma de transmissão. Agora o Centro …

Sistema do Twitter falha em rotular mensagens falsas

Com o propósito de ajudar seus usuários a não serem vítimas da desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Twitter investiu em mecanismos com base na inteligência artificial para rotular postagens falsas e …

EUA antecipam veto a entrada de estrangeiros que passaram pelo Brasil

Restrição passa a valer às 23h59 desta terça-feira, dois dias antes do anteriormente anunciado. Medida atinge cidadãos não americanos que estiveram em território brasileiro nos últimos 14 dias, salvo algumas exceções. O governo dos Estados Unidos …

Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu "temporariamente" os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução. A decisão segue a publicação na sexta-feira …