Huawei vai montar a internet 5G na Rússia

Yuri Kochetkov / EPA

Xi Jinping, Vladimir Putin

A empresa de telecomunicações russa MTC e a chinesa Huawei assinaram um acordo sobre o lançamento e desenvolvimento de redes 5G no país, com a presença do presidente Vladimir Putin.

A MTS, maior operadora de telefonia móvel da Rússia, e a fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações Huawei, assinaram um acordo sobre o desenvolvimento de tecnologias 5G e lançamentos piloto de redes de comunicação de quinta geração na Rússia em 2019-2020.

A cerimônia de assinatura foi realizada no Kremlin, em nível intergovernamental, na presença do presidente russo, Vladimir Putin, e do presidente da República Popular da China, Xi Jinping, na véspera do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

O relatório observa que, como parte do acordo, as empresas desenvolveram um plano de ação para 2019-2020, incluindo a introdução de tecnologias e soluções 5G e a Internet das Coisas (IoT) na infraestrutura da MTS e o desenvolvimento da rede LTE comercial da operadora para o nível 5G. O lançamento de zonas de teste e redes piloto 5G incluem vários casos de uso, inclusive infra-estrutura.

“Hoje, com o acordo de desenvolvimento do 5G, nossa parceria está atingindo um novo nível – não apenas impulsionamos a cooperação estratégica das duas empresas de alta tecnologia, criando uma base para o uso comercial de redes 5G na Rússia em um futuro próximo, mas também contribuindo para o desenvolvimento de relações econômicas entre a Rússia e a China “, disse o presidente do MTS, Alexei Corney.

“O fato de o presidente da Rússia e o presidente da China estarem presentes na cerimônia prova mais uma vez o quanto essas parcerias tecnológicas são importantes para a Rússia e a China. A Huawei tem uma vasta experiência no desenvolvimento de redes de quinta geração, liderando a corrida por essa tecnologia”, disse o presidente da Huawei, Guo Ping.

“A empresa chinesa conta com 16 mil patentes registradas no campo de 5G. Esperamos que nossos esforços conjuntos com a MTS tragam a era 5G em breve para a Rússia “, acrescentou Guo Ping.

Há duas semanas atrás, em 22 de maio, veio a público a notícia da oferta da estatal russa Rostec, que atua nos setores de aviação, eletrônicos e armamento, para atrair estrangeiros no desenvolvimento de redes 5G na Rússia.

A subsidiária da corporação, o Centro Nacional de Informatização (NCI), preparou um roteiro no qual afirmou a necessidade de cooperar nesta questão com a ZTE, Cisco e outras empresas estrangeiras para o desenvolvimento de tecnologias móveis.

A VimpelCom (Beeline) também irá desenvolver o 5G na Rússia, juntamente com a Huawei. É a segunda maior operadora de telefonia móvel e terceira maior operadora de telecomunicações da Rússia, MegaFon, havia assinado anteriormente um memorando sobre cooperação estratégica no desenvolvimento de redes 5G com a Nokia.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma vez o progresso acima de tudo!!!
    E essas radio-frequencias não farão mais mal ainda pro ser Humano, animais e plantas do que já fazem hoje com o 4G?
    Quero ver se pessoas com câncer de cerebro começarem a colocar as empresas de 5G na justiça, o que vai dar!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacina contra o câncer de mama pode estar disponível em 8 anos, diz a Clínica Mayo

Pesquisadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o câncer ovário e de mama que poderia estar disponível dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes a …

Líder de Hong Kong abandona discurso no Parlamento após protestos

Parlamentares pró-democracia forçam Carrie Lam a interromper pronunciamento anual. Sem conseguir completar fala, chefe do Executivo faz discurso sobre futuro político da região administrativa especial da China em vídeo. A chefe do Executivo de Hong Kong, …

Barcelona se prepara para novos protestos, depois de noite tensa em aeroporto

A Catalunha se prepara para um novo dia de indignação, depois que milhares de ativistas pela independência cercaram o aeroporto de Barcelona, na segunda e terça-feira, para denunciar a condenação de seus líderes a sentenças …

Erdogan acusa militares sírios de bombardear posições turcas

Dois soldados turcos foram mortos na área de Manbij pelo Exército do governo sírio, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan. No dia anterior foi noticiada a morte de mais dois soldados turcos durante um ataque …

Operação da PF amplia briga interna no PSL

A disputa pública pelo comando do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15/10) quando agentes da Polícia Federal (PF) realizaram uma operação de busca e apreensão na casa …

Cidade na Itália proíbe Google Maps porque pessoas 'se perdem' o tempo todo

Serviços de emergência de Baunei já tiveram que resgatar 144 perdidos em dois anos devido ao Google Maps. O prefeito da cidade italiana de Baunei, Salvatore Corrias, proibiu o uso do aplicativo de localização geográfica Google …

Emma Watson lança consultoria jurídica gratuita para mulheres assediadas no local de trabalho

A atriz Emma Watson acaba de lançar uma consultoria jurídica gratuita para mulheres que sofreram assédio no local de trabalho. O serviço está disponível na Inglaterra e no País de Gales. De acordo com o texto …

Polícia do Rio perdeu imagens que poderiam identificar assassinos de Marielle

A Polícia Civil do Rio de Janeiro perdeu imagens do carro dos suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco gravadas no dia do homicídio, em 14 de março de 2018. A informação foi publicada neste domingo …

Protestos se espalham pela Catalunha após condenação de separatistas

Manifestantes bloqueiam principal aeroporto de Barcelona, além de ruas e uma via férrea, após nove líderes catalães serem condenados pela tentativa de independência da região. Confrontos com a polícia deixam feridos. A condenação de nove líderes …

Erdogan revela objetivos da operação turca na Síria

Nesta terça-feira (15), o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que a operação militar no norte da Síria está progredindo com sucesso, tendo 1.000 km de território ao longo da fronteira sido libertados de terroristas. "Temos …