Cem estrelas desapareceram e os cientistas não eliminaram os alienígenas como possíveis culpados

NASA

Estrelas, quando morrem, fazem um certo estardalhaço. Esses eventos são conhecidos como supernovas e são bem visíveis no céu. Mas e quando estrelas não morrem, e sim simplesmente desaparecem? Isso pode ter acontecido e, mais importante ainda, pode ser um sinal da presença de alienígenas.

Um projeto chamado VASCO, envolvendo uma equipe de aproximadamente 20 astrônomos e astrofísicos, comparou uma série de imagens do céu tiradas pelo Observatório Naval dos EUA (USNO) a partir de 1949 com observações do Telescópio Panorâmico Pan-STARRS entre 2010 e 2014.

VASCO é uma sigla em inglês para “fontes que desaparecem e aparecem durante um século de observações” – ou seja, o objetivo dessa pesquisa era descobrir objetos que desapareciam misteriosamente no céu. E pelo menos 100 deles foram identificados.

Esses eventos – fontes de luz obscurecidas – podem representar flashes de curta duração ou, possivelmente, o desaparecimento de um corpo celestial como uma estrela.

Enquanto as potenciais implicações são preliminares, resultados futuros podem ser relevantes para a astronomia e para a busca por inteligência extraterrestre.

De acordo com uma das autoras do novo estudo, Beatriz Villarroel, pesquisadora do Instituto Nórdico de Física Teórica, a descoberta pode indicar uma maneira inesperada de as estrelas morrerem, ou talvez a presença de civilizações avançadas capazes de bloquear seu sol com painéis solares.

Utilizando um software para analisar mais de 600 milhões de fontes de luz em ambos os bancos de dados, os pesquisadores chegaram a 150 mil candidatos que pareciam ter desaparecido.

Desses, os cientistas selecionaram os 24 mil candidatos mais promissores. Em seguida, examinaram esses candidatos mais de perto para eliminar possíveis defeitos de câmera e outros incidentes similares, o que resultou em 100 fontes de luz que sumiram misteriosamente.

Se novas observações confirmarem que os desaparecimentos representam eventos astronômicos reais, eles podem cair em duas categorias – naturais ou extraterrestres.

Esses “desaparecimentos” podem ser eventos comuns representados por breves flashes, como explosões de anãs vermelhas, estrelas variáveis abaixo da sensibilidade do Pan-STARRS, resíduo de uma explosão de raios gama, entre outros.

Existem ainda explicações naturais menos comuns, como a “supergigante vermelha”, ou uma estrela que pula a fase de supernova e entra em colapso diretamente em um buraco negro. Os cientistas pensam que essas mortes sem explosão são bastante raras, de forma que seria um pouco mais difícil de explicar os flashes com elas.

Por fim, podemos descobrir novos fenômenos naturais antes desconhecidos. Uma vez que tudo isso for excluído, aí sim podemos considerar aliens – afinal, uma teoria astronômica amplamente debatida é a da existência de sociedades extraterrestres avançadas que tenham conhecimento suficiente para captar luz e energia de estrelas, bloqueando-as totalmente de nossa visão.

O próximo passo dos cientistas é continuar vasculhando os 150 mil possíveis candidatos, bem como divulgar os dados publicamente para que astrônomos amadores possam visualizá-los e ajudar os cientistas a entendê-los.

O lançamento de um novo grande telescópio de pesquisa sinóptica, no final de 2022, também deve acelerar a busca por esses objetos “transitórios”, ou seja, que desaparecem no céu noturno.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos revelam que 2ª minilua da Terra é do tamanho de carro pequeno

A minilua chamada 2020 CD3 conta com um diâmetro de entre um metro e 1,5 metro e chegou a ficar a 13 mil quilômetros do nosso planeta. A minilua 2020 CD3, que orbita a Terra nos …

Diego Maradona morre aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Maradona, maior astro da história do futebol do país sul-americano, morreu nesta quarta-feira (25/11) aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, ao norte de Buenos …

Incêndios na Amazônia deixam rastro de destruição por décadas

Entre galhos e folhas esturricados sobre o solo que abrigava uma área de floresta intacta, o cheiro de queimada ainda é forte. Próximo a uma das aldeias da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia, vazios surgiram …

EUA: conheça a região com a maior taxa de mortalidade por Covid-19 no mundo

Mais de 12 milhões de pessoas estão contaminadas pela Covid-19 nos Estados Unidos. Mas o vírus não ataca o país de maneira equitativa. Os estados do centro assistem a uma progressão acelerada da epidemia …

Osmar Terra, negacionista da pandemia, está internado com covid-19 em UTI

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), um dos maiores negacionistas da pandemia e fomentador de fake news sobre o novo coronavírus, está internado com covid-19 em um hospital em Porto Alegre. Segundo comunicado do Hospital São …

Detalhe microscópico revela segredos de retratos egípcios de 1.800 anos

Análise das partículas da tinta revelou novas informações sobre os retratos enterrados ao lado das múmias egípcias há mais de 1.800 anos. A pintura Retrato do Homem Barbudo foi feita entre 170 e 180 d.C. e …

Ação da polícia contra migrantes em Paris gera críticas

Forças de segurança desmontam de forma violenta acampamento improvisado no centro da capital francesa. Ministro do Interior diz que imagens são chocantes. Ação ocorre na véspera de votação de lei que favorece polícia. A ação da …

Pandemia gera escassez de matéria-prima e faz preços subirem no Brasil

Por três vezes ao longo do mês de outubro, Diogo Murrieta, dono da pizzaria La-Nápoles, em Belém do Pará, tentou comprar as embalagens de papelão nas quais suas pizzas são entregues aos clientes e não …

Quando as crianças dominaram o mundo: uma sociedade paralela que parece saída da ficção

Na virada do século XIX para o século XX, os jovens, aqueles que já não mais eram crianças mas ainda não haviam entrado para o mercado de trabalho e se tornado adultos, sequer eram vistos …

Sem reconhecer derrota, Trump autoriza início de transição para administração Biden

Mais de duas semanas após o anúncio da vitória de Joe Biden na eleição presidencial americana, Donald Trump autorizou nessa segunda-feira o início do processo de transição para a administração do democrata, mas não …