Centenas de criminosos são detidos após usarem app do FBI

Criminosos foram induzidos a utilizarem uma plataforma de comunicação criada pela polícia. Mais de 800 são detidos em todo o mundo, e toneladas de drogas são apreendidas.

Mais de 800 pessoas suspeitas de atividades criminosas foram detidas em todo o mundo depois de terem sido induzidas a usar um app de comunicação disponibilizado pelo FBI, anunciaram polícias de vários países nesta terça-feira (08/06).

A operação foi concebida pelo FBI e pela polícia da Austrália e dependia de os criminosos usarem a plataforma Anom, que foi sigilosamente distribuída entre os criminosos, instalada em telefones celulares. Isso permitiu aos policiais monitorar trocas de mensagens sobre tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e planos para assassinatos.

O FBI afirmou que a operação, chamada Escudo de Troia, resultou na apreensão de oito toneladas de cocaína, 22 toneladas de maconha, duas toneladas de meta-anfetaminas, 250 armas, 55 carros de luxo e mais de 48 milhões de dólares em espécie e criptomoedas.

Polícias de 17 países participaram da operação, que durou 18 meses e, na Europa, foi comandada pela Europol. As autoridades policiais tiveram acesso a mais de 27 milhões de mensagens enviadas pelo app Anom e acompanharam sigilosamente as atividades de mais de 300 grupos criminosos em cem países.

A Europol afirmou que a operação foi excepcional pela sua dimensão e uma das mais sofisticadas no combate a “atividades criminosas criptografadas”.

Na Alemanha, cerca de 70 pessoas foram detidas, a maioria delas no estado de Hessen.

As origens da operação estão no ano de 2018, quando duas plataformas de troca de mensagens criptografas, usadas por criminosos, foram fechadas pelas autoridades. Os criminosos passaram então a procurar uma nova plataforma, e o FBI consegui fazê-los usarem a sua: o app Anom.

“Grande golpe no crime organizado”

A Austrália e a Nova Zelândia foram os primeiros países a revelar detalhes da operação, nesta terça-feira.

Na Austrália, cerca de 220 suspeitos de crimes foram presos em 525 operações por todo o país. Além disso, seis laboratórios clandestinos foram fechados, e 21 planos de assassinatos não se concretizaram, de acordo com a polícia local.

“O governo australiano, como parte de uma operação global, deu um grande golpe no crime organizado, não apenas neste país, mas que será ecoado em todo o mundo”, afirmou o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison.

Sob a operação, as autoridades policiais australianas apreenderam até agora um total de 3,7 toneladas de drogas, 104 armas de fogo e cerca de 45 milhões de dólares australianos em espécie.

A polícia neozelandesa comunicou que prendeu 35 suspeitos de crimes em todo o país, além de ter apreendido dinheiro, drogas, veículos, barcos e outros itens como parte da operação.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …