Cientistas desenvolvem internet quântica baseada em sinais de luz

Computadores super-rápidos podem resolver problemas em muito menos tempo do que as máquinas atuais. Esses “computadores quânticos” estão sendo desenvolvidos em laboratórios por todo o mundo. Os cientistas já se anteciparam e começam a pensar em uma internet quântica baseada em sinais de luz.

Não é simples criar uma tecnologia para um aparelho que ainda não foi tecnicamente inventado, mas as comunicações quânticas são um campo atrativo, porque a tecnologia permitirá o envio de mensagens que são muito mais seguras.

Antes disso, há vários problemas a serem resolvidos para que a internet quântica funcione: fazer com que os computadores quânticos se comuniquem entre si, garantir proteção contra hackers, transmitir mensagens a longas distâncias sem perder parte delas e endereçar mensagens através de uma rede quântica.

Os computadores quânticos podem ser mais poderosos que os clássicos, mas alguns aplicativos exigirão ainda mais poder de processamento do que um computador quântico.

Se for possível fazer com que essas máquinas se comuniquem entre si, poderão ser conectadas para formar um enorme computador. Mas, como há quatro tipos de computadores quânticos em desenvolvimento atualmente, não será possível que isso aconteça sem uma pequena ajuda.

Alguns cientistas defendem que a internet quântica seja baseada inteiramente em partículas de luz (fótons), enquanto outros acreditam que seria mais fácil criar redes quânticas em que a luz interagisse com a matéria.

“A luz é melhor para a comunicação, mas os qubits de matéria são melhores para o processamento. Ambos são necessários para fazer a rede trabalhar corretamente, mas é difícil fazê-los interagir”, diz Joseph Fitzsimons, cientista do Centro de Tecnologias Quânticas da Universidade Nacional de Singapura, à BBC.

É muito caro e difícil armazenar toda a informação em fótonss, diz Fitzsimons, “porque essas partículas não conseguem ‘se ver’ e passam perto umas das outras, em vez de colidirem”. O especialista acredita que seria mais fácil usar a luz para comunicação e armazenar informação usando elétrons e átomos (na forma de matéria).

Uma aplicação crucial da internet quântica seria a distribuição de chaves quânticas, em que uma chave secreta é gerada usando um par de fótons entrelaçados e usada para cifrar informação de uma forma que é impossível para um computador quântico quebrá-la.

Essa tecnologia já existe, e foi demonstrada pela primeira vez no espaço por uma equipe de cientistas da Universidade Nacional de Singapura e da Universidade de Strathclyde, no Reino Unido, em dezembro de 2015.

Mas não é apenas de criptografia que vamos precisar no futuro para garantir a segurança da nossa informação na internet. Os cientistas também trabalham em “protocolos cegos de computador quântico“, que permitem ocultar qualquer coisa em um computador.

“Isso é importante porque provavelmente não haverá muitos computadores quânticos quando surgirem. As pessoas vão querer instalar programas neles, como fazemos hoje com a nuvem”, afirma o cientista.

Há duas abordagens possíveis para fazer uma rede quântica – com comunicações por terra ou pelo espaço. Ambos os métodos funcionam através do envio de bits comuns de dados pela internet atual, mas, se quisermos enviar dados como qubits no futuro, será muito mais complicado.

Para enviar partículas de luz (fótons), podem ser usados cabos de fibra óptica em terra. No entanto, os sinais de luz se deterioram ao longo de grandes distâncias porque os cabos, às vezes, absorvem a luz.

É possível evitar isso construindo “estações de repetição” a cada 50 quilômetros. As estações seriam basicamente laboratórios quânticos em miniatura que tentariam reparar o sinal antes de enviá-lo para o próximo nódulo da rede.  Esse sistema também apresenta complexidades. Mas, se fosse fácil, não seria assunto para físicos quânticos.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …