Combate à corrupção deixa indianos quase sem dinheiro

Face à medida do primeiro-ministro da Índia de acabar com a circulação das notas mais altas para combater a corrupção no país, os indianos estão a ficar sem dinheiro.

Desde a semana passada que as notas de 500 e de mil rupias desapareceram na Índia, uma medida levada a cabo pela primeiro-ministro Narendra Modi para combater a corrupção no país.

O problema é que esta situação fez com que os últimos dias fossem um caos completo, já que, além da grande maioria da população não ter conta bancária, surgiram longas filas à porta dos bancos e das casas de câmbio com indianos que queriam entregar essas mesmas notas e receber o equivalente em notas de menor valor.

Outro dos problemas é que a a maioria das caixas automáticas instaladas no país têm três espaços para notas de 500 e de mil rupias e apenas um para notas de 100, o que faz com que as notas de menor valor acabem por se esgotar muito mais rapidamente. Resultado: a população está ficando sem dinheiro.

O vice-ministro da Fazenda, Shaktitanta Das, afirmou essa segunda-feira (14) que o Governo está acompanhando situação e que já começou a tomar medidas.

“Quero sublinhar mais uma vez que há dinheiro impresso suficiente tanto no Banco de Reserva da Índia como no sistema em geral. Não existe motivo para pânico“, afirmou o governante.

O ministro da Fazenda indiano, Arun Jaitley, tinha declarado que o processo de reprogramar as cerca de 200 mil caixas automáticas do país demoraria cerca de três semanas, algo que Shaktitanta já veio reformular, afirmando que uma força do ministério criada especialmente para o efeito está tentando acelerar o processo.

As notas de 500 e de mil rupias (25 e 50 reais, respectivamente) são as que têm maior circulação na Índia. Modi considera que esta é a melhor medida de combate à corrupção.

“Meus companheiros, cidadãos, eu deixei minha casa, minha família, deixei tudo para servir meu país. Vocês votaram em mim para abolir a corrupção? Se vocês exigiram isso, então eu devo fazê-lo ou não?”, questionou ontem o primeiro-ministro num dos seus discursos.

A medida foi inicialmente recebida com entusiasmo, mas perante esta situação já se começam a fazer ouvir algumas críticas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …