Quando levam um copo d’água ao presidente da Comissão Europeia, “todos sabemos que é gin”

Um jornalista francês, um dos veteranos especialistas em assuntos europeus, levanta dúvidas sobre a capacidade de Jean-Claude Juncker governar, falando abertamente sobre o suposto “alcoolismo” do presidente da Comissão Europeia.

“Quando um oficial de justiça traz [a Juncker] um copo d’água durante o Conselho de Ministros, todos sabemos que é gin“.

As palavras foram proferidas por um antigo ministro europeu, conforme escreve o jornalista francês Jean Quatremer, um dos veteranos que acompanha os assuntos da Comissão Europeia (CE), em um artigo de opinião na revista britânica The Spectator.

Intitulado sugestivamente “Jean Claude drunker“, em um jogo de palavras entre o nome de Juncker e a palavra “beberrão” em inglês, Quatremer fala abertamente sobre o suposto “alcoolismo” do presidente da CE.

“Juncker ainda será fisicamente capaz de dirigir a Comissão Europeia?”, é a pergunta que o jornalista deixa na versão em francês do artigo de opinião, publicada em seu blog no jornal Libération.

Quatremer levanta a possibilidade de Juncker ser um mero “fantoche” e de ser o secretário-geral da CE, Martin Selmayr, quem de fato governa. Selmayr é descrito pelo jornalista como “todo-poderoso” e “muito contestado”, até por não ter sido alvo de uma eleição, e apontado como potencial sucessor de Juncker no cargo.

O ponto de partida para as considerações de Quatremer é o caricato episódio vivido por Juncker durante a cúpula da Otan, em que teve de ser amparado por diversos líderes europeus.

Juncker e seus assessores justificaram o estranho cambalear com uma “crise particularmente dolorosa de nervo ciático, acompanhada de cãibras”. Mas “a explicação de ciático não suporta o escrutínio”, frisa o jornalista francês na crônica.

“Ele não parece estar em desconforto”, repara o jornalista, frisando que as imagens divulgadas o mostram a “sorrir, rir, falar e beijar os colegas à medida que o ajudavam a andar”. “Uma crise aguda de ciático coloca suas vítimas prostradas na cama”, constata.

Por outro lado, o jornalista lembra que, dois dias depois do episódio, Juncker visitou a China e o Japão. Ora, “o ciático torna as viagens de longo curso difíceis de enfrentar”, conclui.

Quatremer ainda assume que Juncker pode ter sido “limitado por analgésicos poderosos“, notando que “várias fontes” frisam que o presidente da CE “estava em uma cadeira de rodas quando os fotógrafos e as TVs não estavam olhando, e nem falou durante o jantar” da cúpula da Otan.

Mas “as mesmas testemunhas dizem que Juncker bebeu muito durante o jantar, o que é difícil de reconciliar com o recurso a analgésicos”, reforça.

A isso, Quatremer acrescenta os burburinhos que se ouvem nos corredores de Bruxelas, onde se diz que o problema é “Juncker gostar muito da garrafa”. O que “põe em jogo a sua capacidade para” presidir a Comissão Europeia, conclui.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …

Projeto de estrada cortando parque das cataratas de Iguaçu ameaça outras áreas de proteção pelo Brasil

Uma das paisagens naturais mais impressionantes do Brasil e reconhecida pela Unesco, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as cataratas, no Paraná, pode ser cortado ao meio por uma rodovia asfaltada – em …

Por que a imunidade de rebanho está longe de ser realidade

Embora costume ser apresentada como simples cálculo matemático, alcançar a imunidade de rebanho não é tarefa fácil. Ela não só depende da infecciosidade das variantes, como da adoção de medidas sanitárias pela população. Apesar das campanhas …

Uso de maconha na adolescência pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro

O consumo de maconha pode ser prejudicial ao cérebro humano durante a adolescência, de acordo com estudo publicado na última quarta-feira (16). Segundo a pesquisa, realizada em regiões da Europa, o uso recreativo da planta pode …

EUA terão feriado para comemorar fim da escravidão

Data já celebrada na maioria dos estados vai se tornar feriado federal. O "Juneteenth" lembra dia em que os últimos escravos negros foram libertados no país, em 1865. Após aprovação pelo Congresso dos Estados Unidos na …

5 perguntas sobre os denisovanos, 'parentes' extintos dos humanos modernos que viveram na Terra há 50 mil anos

Desde que os primeiros vestígios dos denisovanos foram descobertos em 2008, os cientistas não descansaram tentando obter mais informações sobre eles. A tarefa, no entanto, não tem sido fácil, porque até agora só foram encontrados pequenos …

Calheiros anuncia nome das 14 pessoas que passaram de testemunhas a investigados na CPI da Covid

Segundo senador, é preciso mudar o "patamar" da investigação pois já há provas e indícios concretos contra as pessoas inseridas na lista, que agora será encaminhada ao presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM). Nesta sexta-feira (18), …

Turistas “madrugam” para visitar Disneyland Paris, que reabre após oito meses por causa da pandemia

Depois de oito meses de portas fechadas, o parque Disneyland Paris reabriu para o público nesta quinta-feira (17). A atração, um dos principais destinos turísticos da Europa, volta a funcionar, mas mantém medidas sanitárias …

Cientistas desvendam mistério de 'apagamento' de estrela gigante Betelgeuse

Astrônomos dizem que solucionaram o mistério sobre por que uma das mais conhecidas estrelas que iluminava o céu à noite começou a perder o brilho há cerca de um ano. Betelgeuse, uma supergigante vermelha da …

Portugal isola Lisboa para conter disseminação de variante

Em meio a alta de casos e difusão da variante delta do coronavírus, detectada inicialmente na Índia, governo português restringe circulação para dentro e para fora da região metropolitana da capital no fim de semana. Em …