Homens perdem peso mais rápido que as mulheres (e há um motivo para isso)

Um novo estudo científico confirma que os homens perdem peso mais rápido que as mulheres. As diferenças entre sexos se refletem também em nível metabólico, com consequências associadas ao maior ou menor risco de terem doenças cardíacas e diabetes.

A pesquisa, publicada no jornal Diabetes, Obesity and Metabolism, se concentrou em 2 mil adultos com excesso de peso e pré-diabéticos, oriundos de países da Europa, da Austrália e da Nova Zelândia.

Durante oito semanas, os participantes cumpriram uma dieta de 800 calorias, à base de sopa e cereais. Também ingeriram diariamente 375 gramas de vegetais baixos em calorias, como tomate e alface.

No fim desse período, 35% dos participantes tinham níveis normais de glicose no sangue, e já não apresentavam uma situação de pré-diabetes. Mas os homens tinham perdido, em média, 11.8 quilos, enquanto as mulheres tinham perdido apenas 10.2.

Além disso, os homens apresentaram “maiores reduções do que as mulheres em outros parâmetros associados a melhor saúde, como uma frequência cardíaca menor e menos gordura corporal, bem como uma diminuição do risco de diabetes”, informa o Live Science, citando o estudo.

Os homens também revelaram menores riscos de síndrome metabólica, que se caracteriza por um conjunto de sintomas, como pressão arterial alta e índice de massa corporal, que podem aumentar os riscos de doenças cardíacas e diabetes.

Os pesquisadores também apuraram que a dieta baixa em calorias promoveu nas mulheres, uma redução do colesterol HDL, considerado o bom colesterol, o que pode ter efeitos prejudiciais à saúde cardíaca.

As participantes mulheres sentiram ainda maiores reduções na densidade dos ossos e na massa corporal magra, o que aponta para ossos mais fracos e menos músculos.

Por outro lado, as mulheres perderam mais peso que os homens nos quadris, segundo o estudo. As diferenças podem ser explicadas pelo fato de os homens terem mais gordura na região abdominal, enquanto as mulheres têm, tipicamente, mais gordura em torno das coxas, nádegas e quadris, a chamada gordura subcutânea.

A perda de gordura abdominal “melhora a taxa metabólica” dos homens, promovendo a queima de calorias, frisa no Live Science a endocrinologista Elizabeth Lowden.

Já a perda da gordura subcutânea “não melhora os fatores de risco metabólicos, porque esse tipo de gordura não é metabolicamente ativa”, explica Lowden.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …

Debate nos EUA: Trump não disse nada de novo para reverter vantagem de Biden, diz historiador

O segundo e último debate entre o presidente americano, Donald Trump, e seu rival democrata Joe Biden, nesta quinta-feira (22), em Nashville, foi mais civilizado do que a primeira confrontação entre os dois candidatos …