Derrota histórica dos aliados de Angela Merkel põe em jogo estabilidade do governo alemão

Daniel Kopatsch / EPA

Horst Seehofer, ministro do Interior e líder da CSU

Os aliados conservadores da chanceler Angela Merkel perderam a maioria absoluta no parlamento estadual da Baviera por larga margem na eleição regional que ocorreu neste domingo (14), um resultado que pode causar mais turbulência dentro do governo nacional.

A União Social Cristã (CSU) obteve 37,2% dos votos, contra os 47,7% conquistados há cinco anos. Foi o pior desempenho do partido desde 1950 em uma votação estadual na Baviera, que tradicionalmente dominava.

As disputas constantes no governo nacional de Angela Merkel e a luta interna pelo poder contribuíram para o resultado do CSU, partido posicionado tradicionalmente um pouco mais à direita do que o da chanceler, e que assumiu uma linha dura na migração, tendo assumido um confronto público com a chefe do governo alemão na questão.

Nas eleições deste domingo, há vitórias da esquerda e da direita: os Verdes garantiram o segundo lugar ao arrecadarem 17,5% dos votos, duplicando sua base de apoio em relação a 2013, enquanto o partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) assegurou 10,2% da votação.

Já os social-democratas de centro-esquerda, outro parceiro nacional de coligação de Merkel, terminaram em quinto lugar com apenas 9,7%, ou seja, com menos da metade dos votos de 2013 e o pior resultado naquele estado desde a Segunda Guerra Mundial.

A CSU governa a Baviera há mais de seis décadas, um próspero estado no sudeste da Alemanha onde vivem cerca de 13 dos 82 milhões de habitantes do país.

A necessidade de fazer coligações para governar é, por si só, um grande revés para o partido, que existe apenas na Baviera e que, com exceção de cinco dos últimos 56 anos, detinha uma maioria absoluta no parlamento estadual.

“É claro que esse não é um dia fácil para a CSU”, disse o chefe do governo do estado, Markus Soder, perante militantes em Munique, acrescentando que o partido aceitou o “doloroso” resultado “com humildade”.

Soder disse ainda que é difícil não fazer uma leitura nacional desses resultados, mas salientou que a CSU continua se assumindo como o partido mais forte do estado, com mandato para formar o próximo governo da Baviera.

O governante admitiu também que sua preferência vai para uma coligação de centro-direita com os Freie Wähler, um rival conservador local que somou 11,6% dos votos. Os Verdes, que assumem habitualmente oposição à CSU, com uma abordagem mais liberal à migração e ênfase nas questões ambientais, é outro parceiro possível.

O CSU alavancou durante muito tempo sua força nos resultados estaduais para aumentar seu peso na política nacional. Em Berlim, o partido é um dos três do governo de coligação nacional de Merkel, juntamente com a União Democrata Cristã (CDU) da chanceler e o Partido Social-Democrata (SPD).

Revés para Angela Merkel

A perda da maioria absoluta da CSU na Baviera é mais um revés para Angela Merkel, que no mês passado viu Volker Kauder, um dos seus grandes aliados no Bundestag, perder uma votação interna e ser afastado de líder da bancada parlamentar dos conservadores.

Agora, adianta o Diário de Notícias, Merkel tem um desafio muito maior pela frente: as eleições regionais em Hesse, no dia 28 de outubro. As últimas pesquisas dão uma vantagem de apenas seis pontos percentuais à CDU, com o SPD em segundo com 23% e os Verdes em terceiro, com 18%.

“Essas duas eleições afetarão a política nacional e, consequentemente, a reputação da chanceler”, avisou na sexta-feira (12) Wolfgang Schäuble, presidente do Bundestag e veterano da CDU.

No último mês do ano, Merkel enfrenta a corrida à reeleição como líder da CDU. Há 18 anos à frente do partido, a chanceler não tem tido um caminho fácil desde que abriu as portas do país a mais de 1 milhão de refugiados, em 2015.

A decisão teve como consequência um aumento da força da extrema-direita nas legislativas de setembro de 2017.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …